Perto do Corinthians, Jemerson precisou superar polêmica na França

LANCE!
·1 minuto de leitura


O zagueiro Jemerson está próximo de acertar com o Corinthians, mas antes mesmo de ser firmar no Monaco, da França, precisou superar uma polêmica curiosa logo em sua chegada. No dia em que foi anunciado na equipe pelo apelido de "Blackenbauer" nas redes sociais, muitos torcedores acusaram o clube francês de racismo por conta do nome. No entanto, não sabiam que o apelido foi dado pelos torcedores do Atlético-MG.

Na ocasião, muitos comentários condenaram o Monaco por usar o apelido - uma referência ao ex-zagueiro alemão Franz Beckenbauer -, enquanto outros, incluindo vários torcedores atleticanos, defenderam que se tratava apenas de uma brincadeira.

Após a repercussão negativa no Twitter, o Monaco tentou se explicar ao dizer que o apelido foi dado pelos torcedores do Atlético-MG. O próprio Jemerson declarou em sua apresentação que gostava do apelido.