Perrella sugere criar sócio-torcedor popular para compensar aumento nos ingressos de jogos do Cruzeiro

Valinor Conteúdo
LANCE!
Raposa pode ter uma modalidade mais popular do seu programa de sócio-torcedor-(Divulgação/Cruzeiro)
Raposa pode ter uma modalidade mais popular do seu programa de sócio-torcedor-(Divulgação/Cruzeiro)


O Gestor de futebol e presidente do Conselho Deliberativo do Cruzeiro, Zezé Perrella, havia dito que não poderia manter a promoção de ingressos para os jogos do time em BH porque o clube precisa gerar caixa no momento e o torcedor tem de ajudar pagando um pouco a mais.

Antes de assumir o futebol da Raposa, o clube havia colocado ingressos para sócios a R$ 4 e o valor máximo da entrada era de R$ 20, com o intuito de contar com o apoio do torcedor para ajudar a livrar o time do perigo de rebaixamento.

Para amenizar sua fala anterior, Perrella sugeriu a criação de uma categoria popular de sócio-torcedor, o que iria compensar um reajuste no valor dos ingressos que será feito pelo clube.




-Nós temos 9 milhões de torcedores, e o torcedor precisa ajudar. Futebol hoje é caro. Ninguém reclama de pagar 500 reais em um show do Gusttavo Lima, mas reclama de pagar 30 reais em um jogo do Cruzeiro. Qualquer show os caras pagam 400 a 500 reais, e o show enche- disse Perrella, em entrevista à Rádio Itatiaia.

Em seguida, Perrella explicou como seria esse programa de sócio-torcedor popular.

-Agora, futebol é uma coisa popular. O que estou pensando em fazer? Ainda estou com essa ideia em maturação. Vou pegar 4 mil lugares e criar um sócio-torcedor bem popular, no qual o cara consegue comprovar que ganha um salário mínimo, alguma coisa assim, e vender uma cadeira para eles. A gente vai ter de 4 a 5 mil pessoas ali por um preço bem popular mesmo. De resto, o torcedor vai ter que entender, porque futebol é caro-disse.

A Raposa oferece três planos de sócio-torcedor: Cruzeiro Tradição, a R$ 205 mensais e 100% de desconto nos ingressos; Cruzeiro Eterno, a R$ 61 mensais e 60% de desconto no ingresso e o Cruzeiro Sempre, que cobra R$ 30 mensais e 30% de desconto para compra de entradas.







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também