Perrella se reúne com jogadores, pede foco no Avaí e condiciona finanças do Cruzeiro à permanência na Série A

Valinor Conteúdo
LANCE!
Perrella levou um "papo reto" com os jogadores celestes na Toca da Raposa-(Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Perrella levou um "papo reto" com os jogadores celestes na Toca da Raposa-(Vinnicius Silva/Cruzeiro)


O gestor de futebol do Cruzeiro, Zezé Perrella, seu reuniu nesta quinta-feira com os jogadores da Raposa para alinhar os discursos, além de pedir foco total do time nesta reta final do Brasileiro.

O dirigente focou a conversa com os atletas nos cuidados que se deve ter dentro e fora de campo, principalmente com o comportamento extracampo para que haja forças e condições de manter a Raposa na Série A em 2020.

- Pedi a eles que, até 8 de dezembro, se foquem somente no que está acontecendo com a gente, porque eu não posso reclamar que o jogador não está se empenhando em campo. Mas a própria vida do jogador fora de campo, não é. Não estou falando de noitada, mas, hoje, quando a coisa está ruim, até numa folga de um jogador, que ele tem direito de sair e fazer o que ele bem entender, ele deve prestar atenção que tem 9 milhões de torcedores vendo o que ele está fazendo - disse Perrella em entrevista ao GloboEsporte.com.



Zezé Perrella também revelou que a preocupação de ficar na primeira divisão é pelo impacto financeiro que pode gerar uma queda. O dirigente disse que clube terá apenas 10% da receita da televisão caso caia para a Série B.

A reunião durou cerca de 30 minutos na Toca da Raposa II e o meia Thiago Neves, em sua coletiva, comentou o teor da prosa com o dirigente celeste.

- O Zezé já tinha um tempinho, desde que ele chegou ele não conseguiu ainda conversar com a gente, né, direito. Ele veio, entrou, se apresentou para alguns que não conheciam ele ainda. Então, hoje foi o dia de se apresentar para todo mundo, de falar quais as intenções dele e ele reconhece que tem algumas coisas atrasadas, mas ele está fazendo o possível para acertar o quanto antes. E pediu só para todo mundo se cuidar, concentrar esses dias, porque o jogo contra o Avaí pra gente é importantíssimo, pela tabela. Então, não foi nada de mais. Acho que todo mundo já sabe o que tem que fazer, todo mundo sabe da importância do jogo de segunda-feira, então não foi nenhuma reunião nada de mais assim não - disse Neves.







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também