Permitir 5 substituições no Campeonato Inglês beneficia clubes maiores, diz técnico do Crystal Palace

·1 min de leitura

(Reuters) - Permitir cinco substituições durante as partidas do Campeonato Inglês pode ajudar os clubes a administrar a carga de trabalho sobre os jogadores dado o cronograma congestionado e os surtos de Covid-19, mas tal medida daria uma vantagem aos times maiores, afirmou o técnico do Crystal Palace, Patrick Vieira, nesta sexta-feira.

Os técnicos do Manchester United, Ralf Rangnick, e do Manchester City, Pep Guardiola, fizeram ambos um apelo para aumentar o número de substituições de três para cinco como uma maneira de proteger os jogadores.

"Eu acredito que cinco substituições durante o período em que estamos no momento, pode ser a resposta correta para nós como técnicos. Mas eu não acho que seria justo para os cinco principais times e para o resto de nós", disse Vieira a jornalistas antes da partida no chamado Boxing Day fora de casa contra o Tottenham.

"Qualquer decisão que seja tomada, sempre teremos pessoas contra e a favor. Mas, para mim, eu não sei se deveríamos continuar com três substitutos."

O francês disse que não está tão preocupado com o alto número de jogos durante o período de festas, mas acrescentou que é difícil para que jogadores em recuperação da Covid-19 joguem sem treinamento suficiente.

"Eu não estou preocupado com o bem-estar dos jogadores em relação aos jogos nesse período, como tem sido há anos. Eu estou preocupado em relação à Covid", disse.

(Reportagem de Dhruv Munjal em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos