Perito afirma que Rafael Ramos chamou Edenilson de "macaco"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Em entrevista à Rádio Gaúcha, profissional afirmou que Rafael Ramos utilizou o termo racista.
Em entrevista à Rádio Gaúcha, profissional afirmou que Rafael Ramos utilizou o termo racista. Foto: (Silvio Avila/Getty Images)

Ainda não terminou o polêmico caso do suposto xingamento racista cometido pelo lateral direito do Corinthians, Rafael Ramos, contra Edenílson, meio campista do Internacional, no último sábado. Em entrevista ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha, o perito judicial Roberto Meza Niella, especialista em leitura labial e diretor de consultoria pericial, afirmou que o português usou o termo "macaco" quando estava próximo ao jogador colorado.

Meza Niella, que foi o perito analista da denúncia do meia Gérson, então no Flamengo, contra Indio Ramirez, do Bahia, no Campeonato Brasileiro de 2020, afirmou dizendo que é possível ver o termo racista pelo posicionamento dos lábios do jogador do Corinthians: "Eles estão de frente para a câmera e é possível ler o posicionamento dos lábios do Ramos. Podemos identificar de forma tênue a frase que todo mundo está dizendo, que é a palavra 'macaco'. E vem na sequência um palavrão que não fica muito claro na definição dos lábios dele. Temos que tomar esse cuidado, mas me parece que é 'do c*****o'. A frase completa seria 'macaco do c*****o'".

Leia também:

O relatório oficial, porém, será feito pelo Instituto Geral de Perícias (IGP) que sofre pressão da delegada Ana Luiza Caruso, responsável pela 2ª DP de Porto Alegre, para que se tenha um resultado o mais rápido possível, apesar de não haver prazo para a conclusão da análise.

O perito também afirmou que a versão utilizada pela defesa do jogador, que os termos teriam sido "mano, c*****o", não seja possível de ter acontecido: "No posicionamento dos lábios é completamente diferente. Não existe nenhuma possibilidade dele ter falado a palavra 'mano'. Nos lábios dele são bem claros nos fonemas quando fala a palavra 'macaco'".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos