Peres mantém portas do Santos abertas a Cuca: 'Sou fã número um'

Fábio Lázaro*
LANCE!


A segunda passagem de Cuca pelo Santos se encerrou no fim de 2018, após cinco meses. À época existiam rumores que a relação entre o treinador e o presidente santista, José Carlos Peres, não era boa. Contudo, o mandatário do Peixe negou qualquer desentendimento com o ex-técnico do clube e deixou as portas abertas para um futuro retorno.

– Cuca deu muito certo. O Cuca veio, fez um grande campeonato. É um cara que eu adoro. A gente não brigou nunca. Até hoje converso com o Cuca, sou fã número um. Tem condições de chegar em um grande time e fazer um bom trabalho. Mas, é um cara pilhado, 150 por hora – disse Peres à Rádio Bandeirantes.

– É um cara que a gente gosta muito e se um dia surgiu uma oportunidade, o Cuca voltaria. Trabalhamos juntos na tabelinha, um Pelé e Coutinho – completou.



Na ocasião, Cuca alegou que deixaria o Peixe por conta de um problema cardíaco. Dias após a sua última partida à frente do Santos, passou por um problema cirúrgico. Quatro meses depois, voltou a dirigir uma equipe, dessa vez o São Paulo, onde permaneceu entre abril e setembro do ano passado. Mas, para Peres, o técnico tem mais a cara do Alvinegro Praiano do que do Tricolor.

– Só saiu do Santos por um problema cardíaco. Fez a cirurgia, mas tá aí, inteiro. Tem uma cara muito mais do Santos do que do São Paulo – afirmou.

Em sua segunda passagem pelo Peixe, Cuca comandou a equipe em 26 jogos, vencendo dez. O treinador pegou o time na 15ª colocação do Campeonato Brasileiro, ameaçado pela zona do rebaixamento, e deixou o Santos na 10ª posição ao fim da competição, tendo flertado em alguns momentos com a zona de classificação à Libertadores do ano seguinte, inclusive.

Cuca está sem clube desde que deixou o São Paulo.

* Sob supervisão de Vinícius Perazzini








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também