Peres culpa "calamidade" por dívida do Flamengo com o Santos por Gabigol: 'Vamos esperar'


O presidente do Santos, José Carlos Peres, não acredita que terá problemas para receber do Flamengo a quantia referente ao mecanismo de solidariedade pelo atacante Gabigol. O mandatário santista alega que a pendência existe por conta da “calamidade pública”.

Comprado em definitivo pelo clube carioca no início deste ano por 17 milhões de euros (R$ 78,4 mi à época) junto a Inter de Milão (ITA), o Rubro-Negro deve 550 mil euros (R$ 3,3 mi) ao Peixe, que representa pouco mais de 3% destinado ao clube formador. Duas parcelas da compra já forma pagas ao clube italiano, mas o Alvinegro Praiano ainda não recebeu a sua quantia de direito.

– Já estamos conversando com o Flamengo. Por causa desta calamidade pública, temos de entender o Flamengo. Eles sabem do compromisso. Temos o dispositivo de solidariedade da formação do jogador. Vamos esperar – disse Peres em entrevista á Fox Sports.

Gabriel Barbosa chegou ao Santos com 10 anos de idade e aos 16 foi integrado ao time principal. Deixou o clube aos 20 anos.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também