Sem perder atuando pelo Palmeiras, Antônio Carlos reencontra a Ponte

O Palmeiras garantiu a melhor campanha da primeira fase do Campeonato Paulista e, na partida desta quarta-feira, contra a Ponte Preta, Eduardo Baptista poderá dar sequência ao rodízio do elenco. Quem vem ganhando oportunidade com este revezamento é Antônio Carlos, que viverá um momento especial nesta que é a décima segunda e última rodada antes do mata-mata do Paulistão. O zagueiro reencontrará o clube de Campinas, pelo qual disputou a Série A do Brasileiro em 2016.

“A Ponte Preta é um time de Série A, muito bem armado e aguerrido. Eles apostam muito nos contra-ataques com a força do Pottker. Espero um jogo muito difícil, porém, buscaremos a vitória a todo instante. Nosso elenco é muito qualificado e temos condições de vencer qualquer equipe mesmo nós atuando como visitante”, disse.

Sem saber se ainda atuará como titular no jogo, até porque Edu Dracena e Vitor Hugo treinam no time que deve começar jogando, Antônio Carlos mostra-se seguro e contente com o início de temporada – o defensor, inclusive, está invicto com a camisa do Verdão, nos quatros jogos em que participou, não viu sua equipe sair derrotada.

“Sem dúvida é um ótimo começo. Espero que essa invencibilidade continue por muito tempo e vou seguir trabalhando forte para que isso aconteça. A cada dia venho evoluindo e me sinto mais confiante e experiente, até pelo aprendizado que venho tendo com outros atletas do elenco. Sei da disputa acirrada pela titularidade, por isso quando uma oportunidade chega procuro aproveitar da melhor maneira”, completou.

A partida entre Ponte Preta e Palmeiras acontece nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no estádio Moisés Lucarelli. Para ela, a equipe da capital provavelmente seguirá sem Dudu, Mina, Guerra e Borja, que defendem suas seleções nas Eliminatórias Sul-Americanas. Tchê Tchê e Thiago Santos, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, também não estão à disposição do treinador.