Perdendo duelo direto, Ceará vê vaga na Sul-Americana novamente sob ameaça

·1 min de leitura


Mesmo em um ambiente bastante familiar para o técnico Tiago Nunes diante da história que ele construiu dirigindo o Athletico-PR, o Ceará acabou saindo de campo com um revés que foi capaz de aproximar concorrentes por um espaço na próxima edição da Sul-Americana 2022.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Enquanto as quatro rodadas sem perder com dois empates (Juventude e Bahia) e os triunfos contra Fluminense e Cuiabá serviram como oportunidade de olhar com maior distância para a zona de rebaixamento, bastou uma derrota para equipe que estava atrás de si na classificação combinada a vitória do Santos para o cenário ficar bem menos favorável.

O cenário poderia ter sido ainda mais negativo, com a equipe deixando a zona de classificação continental, caso o arquirrival Fortaleza não tivesse empatado em 1 a 1 com o São Paulo na Arena Castelão. Se a equipe paulista vencesse, iria aos 41 pontos e "empurraria" o Ceará para uma posição abaixo, o 13° lugar.

A próxima oportunidade que o time de Porangabussu terá de ratificar seu posto dentro da região de classificados a próxima edição da Sul-Americana será no domingo (14), na Arena Castelão, onde o Alvinegro joga diante do Sport às 19h (de Brasília).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos