"Perca rápido e volte para casa", pede filha de mesatenista austríaca

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Mesatenista Jia Liu durante jogo contra porto-riquenha Adriana Díaz
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Eimi Yamamitsu

TÓQUIO (Reuters) - Para a austríaca Liu Jia, chegar às oitavas de final da chave feminina de simples do tênis de mesa a deixou em um dilema: ela ainda está na briga por uma medalha nos Jogos de Tóquio, mas o seu sucesso está adiando o reencontro com a filha de 10 anos.

"Minha filha não se importa (se eu venço). Ela não está nem um pouco preocupada. Para ela tudo que importa é eu voltar para casa o mais rápido possível", afirmou Liu, nascida na China, acrescentando que sua filha provavelmente não viu sua última partida por causa do fuso horário.

"Quando ela ouviu que eu estava enfrentando a China na chave por equipes, ela ficou especialmente feliz. Ela falou 'perca rápido e volte para casa'. Eu entendo".

"As crianças têm um jeito de pensar muito simples. Ganhando ou perdendo, apenas volte para casa. Voltar para casa é a chave para elas."

A atleta de 39 anos venceu várias rivais mais jovens para chegar às oitavas de final, incluindo a síria Hend Zaza --que aos 12 anos era a atleta mais jovem competindo em Tóquio-- e a porto-riquenha Adriana Díaz, de 20 anos.

Liu, competindo em sua sexta Olimpíada, enfrentará a sul-coreana Jean Ji-hee na chave de simples e também competirá no evento coletivo que começa em 1º de agosto.

(Por Eimi Yamamitsu)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos