Pepe está entre Manchester City e PSG

Pepe seguirá jogando na Europa na próxima temporada. Não no Real Madri, com quem não há acordo para renovar após dez anos no Santiago Bernabéu, mas em outra equipe do primeiro escalão da Champions League. Manchester City ou PSG são as opções entre os que brigam pelo jogador português a menos de três meses do fim de seu contrato, de acordo com o diário Marca, da Espanha.

Nos meses finais de 2016, Pepe já sabia que não renovaria com o Real Madrid. A China era o provável futuro do defensor. Hebei Fortune, time de Manuel Pellegrini, ofereceu 12 milhões de euros pelo atleta. Uma saída dourada depois de uma década no Real Madrid.

Pepe Cristiano Ronaldo Portugal Euro

Decepcionado com a oferta dos Blancos, o português cogitava aceitar a oferta de Pellegrini. Porém, os últimos meses fizeram com que ele mudasse de ideia.

Fernando Santos, técnico da Seleção Portuguesa, e o seu estafe recomendaram buscar uma equipe mais atraente e, sobretudo mais competitiva. Se possível, ficar no futebol europeu. O motivo? Fácil. A Copa do Mundo de 2018, na Rússia. O treinador lusitano garantiu que pretende convocá-lo para o Mundial do próximo ano, o último grande torneio de Pepe e de muitos compatriotas. A situação o fez rever as opções.

A três meses de ficar livre, começam a aparecer propostas mais que interessantes. Do ponto de vista econômico, são inferiores. Entretanto, muito mais atraentes em nível esportivo. PSG e Manchester City são, no momento, as melhores escolhas para o futuro do jogador.

Fernando Santos Portugal France UEFA Euro 10072016


(Fotos: Getty Images)

Tanto Pep Guardiola quanto Unai Emery já se comunicaram com Jorge Mendes, empresário do atleta, para reforçar as suas respectivas equipes com um jogador que ficará livre no mercado. Um defensor de primeira linha a custo zero. O Galatasaray é outro clube que se interessa pelo futebolista do Real Madrid. Porém, as duas primeira opções agradam mais o jogador madridista.

Apesar dos 34 anos, Pepe segue rendendo em alto nível cada vez que entra em campo. Mesmo que não tenha atuado muito neste ano, por conta de lesões e opção de Zinedine Zidane, o português é um nome importante no estádio Santiago Bernabéu.