Pep Guardiola critica modelo da Superliga e cutuca a Uefa

LANCE!
·1 minuto de leitura


Pep Guardiola, técnico do Manchester City, criticou o modelo da Superliga em que os clubes fundadores não entrariam para disputar o torneio por mérito. Segundo o espanhol, o formato faz com que os valores do esporte não sejam contemplados.

- Esporte não é esporte quando a relação entre esforço e recompensa não existe. Não é um esporte se o sucesso está garantido ou se não importa quando você perde. Já disse muitas vezes que quero uma Premier League de sucesso, não apenas um time no topo.

> Veja a tabela da Premier League

No entanto, o treinador também cutucou a Uefa e afirmou que a entidade só pensa em benefício próprio.

- No entanto, não seja cínico. Todos pensam por si. A Uefa pensa por si própria. No momento mais importante da temporada, quando lutamos por títulos, Lewandowski não jogou contra o PSG por ter se machucado em um compromisso internacional. A Uefa isso, pois é o seu próprio negócio. Todos pensam por si.

Apesar das críticas, Guardiola afirmou não ter muitas informações sobre a Superliga e fez questão de lembrar que a ideia ainda é embrionária e que não saiu do papel. O Manchester City, segundo a imprensa inglesa, pensa em deixar o torneio.