Pepê não seria liberado pelo Grêmio por menos de R$ 70 milhões

Futebol Latino
LANCE!
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)


Contando com uma situação financeira confortável e tendo a premissa de ter os direitos de jogadores assediados, o Grêmio se coloca em posição firme perante as possíveis investidas do mercado. Assim como o fez com Everton, a ideia é proceder da mesma forma quando o assunto é o atacante Pepê.

Nessa semana, a informação de que a Roma voltou a carga para contratar o jovem atacante de 22 anos de idade foi veiculada pelo jornalista Jorge Nicola em sua coluna no portal Yahoo!.

Tamanho seria o interesse do clube italiano em fazer a aquisição em questão que a ideia seria chegar a um acordo com o clube gaúcho para obter a contratação já pensando na próxima janela de transferências que se abre entre o fim de 2019 e o começo de 2020.

Exista ou não uma proposta formal ou mesmo possíveis procuras de clubes europeus, a postura da diretoria do Tricolor tem sido de negação, porém com um adendo: a questão dos valores que interessariam ao Imortal.

Segundo uma fonte do clube teria revelado ao portal ESPN, a ideia é de não abrir qualquer tipo de conversa por valor menor do que 15 milhões de euros, algo próximo a casa dos R$ 70 milhões.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também