Já pensando na Sul-Americana, Ceni fecha segunda parte do treino

O São Paulo prosseguiu nesta terça-feira com a preparação para o duelo contra o Defensa y Justicia, pela Copa Sul-Americana, no dia 11 de maio. Depois da última semana marcada por avaliações físicas, o elenco agora concentra seus esforços nos trabalhos com bola. Assim como aconteceu no feriado de 1º de maio e durante toda a atual temporada, Rogério Ceni permitiu que a imprensa acompanhasse apenas uma parte de seu trabalho.

O treinador tricolor dividiu a atividade desta terça em dois gramados. No primeiro o elenco trabalhou em campo reduzido. Havia quatro mini gols em que os times compostos por três jogadores e outros dois coringas tinham de colocar a bola para dentro, em uma atividade de ataque contra defesa.

Rogério Ceni permaneceu a todo o momento observando os atletas. Prestes a iniciar a disputa do Campeonato Brasileiro, o treinador começa a fazer a seleção de quem entrará na lista de inscritos para a disputa por pontos corridos, uma vez que já admitiu preferir trabalhar com um elenco mais enxuto.

Quando o grupo ia se dirigindo para o segundo campo, onde aparentemente Rogério Ceni iria comandar um trabalho tático, a imprensa não pôde mais acompanhar a atividade. Mesmo durante o longo intervalo sem jogos da equipe, o técnico são-paulino mantém o mistério e prefere não dar acesso ao treino completo.

Apesar das eliminações que frustraram a torcida, o São Paulo aproveita o tempo livre não só para realizar ajustes dentro d gramado, mas também para recuperar os jogadores que estavam no Reffis. Tendo de improvisar Wesley na lateral-direita nos duelos decisivos de abril, Rogério Ceni deve contar com os retornos de Bruno e Buffarini na Copa Sul-Americana, recuperados de uma entorse no tornozelo e lesão no adutor da coxa esquerda, respectivamente.

Além das lesões, jogadores que não puderam fazer a pré-temporada com o elenco também utilizam a janela sem jogos para ganhar mais entrosamento e condição física, como é o caso de Jucilei, que em seus primeiros dias no Tricolor sofreu com a balança, mas aos poucos vem retomando o bom condicionamento.

*Especial para a Gazeta Esportiva