Palmeiras elimina o Atlético-MG e é finalista da Libertadores de novo

·4 minuto de leitura
Dudu e jogadores do Palmeiras comemoram a classificação para a segunda final seguida (Foto: Washington Alves - Pool/Getty Images)
Dudu e jogadores do Palmeiras comemoram a classificação para a segunda final seguida (Foto: Washington Alves - Pool/Getty Images)

O Palmeiras é o primeiro finalista da Copa Libertadores da América 2021. O Verdão empatou com o Atlético-MG por 1 a 1 no Mineirão, no jogo de volta da semifinal da competição, e com o gol fora, conseguiu a classificação. Vargas marcou para os mandantes, enquanto Dudu fez o gol decisivo

Esta é a quinta vez que o Verdão avança à final da Libertadores, sendo a segundo vez consecutiva. O Galo conhece sua segunda eliminação nas semifinais do torneio continental. A equipe paulista é a atual campeã da competição.

Leia também:

LUAN ASSUSTA OS PALMEIRENSE

A partida começou com um roteiro similar ao que ocorreu no Allianz Parque. O Atlético-MG pressionando e tomando as iniciativas ofensivas, e o Palmeiras bem organizado na defesa, buscando jogadas em velocidade.

A primeira boa chegada veio após uma cobrança de falta equivocada de Luan. O defensor alviverde cobrou nos pés de Vargas, que foi conduzindo e rolou para Hulk. A bola no entanto ficou longa, e Weverton conseguiu bloquear a chegada.

PALMEIRAS RESPONDE

Aos 25 minutos, o Verdão teve sua primeira oportunidade clara na partida. Em lançamento longo, Piquerez ganha no alto de Mariano, avança pela ponta esquerda e chuta com o pé direito. A bola tirou tinta da trave de Éverson.

Essa foi uma das únicas investidas da equipe paulista no primeiro tempo. O Galo dominava a posse e teve outra boa chance em chute cruzado de Nacho, defendido por Weverton.

SEGUNDO TEMPO QUENTE

A equipe da casa voltou com o mesmo ímpeto ofensivo e logo aos 3 minutos da segunda etapa, chegou com perigo. Hulk aproveitou rebote da defesa do Verdão e, de fora da área, mandou chute forte, forçando Weverton a mandar para escanteio.

No minuto seguinte, o Palmeiras respondeu com Rony. O camisa 7 recebeu lançamento e avançou pelo corredor direito. Ele finalizou forte, e Éverson conseguiu agarrar.

VARGAS COLOCA O GALO NA FRENTE

A pressão nos minutos iniciais da segunda etapa feita pelos mineiros surtiu efeito. Aos 6 minutos, Jair recebeu na direita, foi até a linha de fundo e cruzou na segunda trave. Vargas subiu sozinho e testou firme contra a meta de Weverton, inaugurando o marcador.

Após o gol, a torcida do Galo passou a empurrar ainda mais o time, que quase ampliou a vantagem. Nacho encontrou lindo passe para Vargas. O camisa 10 saiu cara a cara com Weverton, que conseguiu leve desvio.

BRILHA A ESTRELA DE ABEL FERREIRA (E DUDU)

Buscando mudar a dinâmica da equipe, Abel Ferreira colocou Gabriel Veron na vaga de Rony. Um minuto depois da alteração, ele recebeu bola na ponta esquerda, ganhou no corpo de Nathan Silva e cruzou rasteiro para Dudu. Livre, o camisa 43 tocou de carrinho para igualar o placar no Mineirão.

GALO SE LANÇA AO ATAQUE, MAS PARA NA DEFESA ALVIVERDE

Nos últimos 20 minutos da partida, o Atlético-MG foi com praticamente todos os seus jogadores ao ataque, em busca da classificação, mas a equipe mineira não conseguia criar chances perigosas, apelando ao chuveirinho na área.

O Galo parou na defesa do Palmeiras, que conquistou a vaga para disputar a final em Montevideo, no Uruguai, dia 27 de novembro.

FICHA TÉCNICA
Atlético-MG 1 x 1 Palmeiras
Data: 28 de Setembro de 2021
Horário: 21h30 (horário de Brasília)
Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Wilmar Roldán-COL
Assistentes: Alexander Guzmán-COL e John Leon-COL
VAR: Andrés Cunha-URU
Público/renda: 18.350/ R$ 3.837.046,00
Cartões amarelos: Nathan Silva (CAM); Marcos Rocha, Deyverson, Luan, Abel Ferreira e Felipe Melo (PAL)
Cartões vermelhos:
Gols: Eduardo Vargas (6'/2ºT) (1-0) e Dudu (28'/2ºT) (1-1)

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Tchê Tchê, 44/2ºT), Jair (Savarino, 32/2ºT), Zaracho (Sasha, 38/2ºT) e Nacho (Réver, 44/2ºT); Hulk e Eduardo Vargas. Técnico: Cuca

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Gabriel Menino, 30/2ºT), Luan, Gustavo Gómez, Renan e Piquerez; Felipe Melo, Danilo e Raphael Veiga (Wesley, 35/2ºT); Dudu (Zé Rafael, 35/2ºT) e Rony (Gabriel Veron, 21/2ºT). Técnico: Abel Ferreira

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos