Pelo sétimo dia, oitavas do Mundial de surfe é adiada por falta de ondas

Gabriel Medina é um dos que pode faturar o título mundial (Foto: Reprodução/WSL)
Gabriel Medina é um dos que pode faturar o título mundial (Foto: Reprodução/WSL)


Angústia, ansiedade, nervosismo. Esses são alguns adjetivos que o mar do Havaí tem gerado nas pessoas e até nos competidores. Pelo sétimo dia consecutivo, a Liga Mundial de Surfe (WSL) adiou nesta quarta-feira a retomada da última etapa do Mundial de surfe 2019. Com isso, Ítalo Ferreira, Gabriel Medina e Kolohe Andino vão ter de esperar mais um dia para saber quem será o campeão mundial desta temporada.

A próxima chamada está marcada para o início das oitavas de final do Pipe Masters, que vai ser feita nesta quinta-feira, às 14h30 (de Brasília). O calendário está apertado, pois a janela para realização da disputa da 11ª e última etapa do Mundial de surfe vai até esta sexta-feira (dia 20).

Ítalo está escalado para enfrentar Peterson na primeira bateria das oitavas, enquanto Medina vai encarar o conterrâneo Caio Ibelli. Já o americano Kolohe Andino, que é o único que ainda pode impedir um título brasileiro, terá pela frente o francês Michel Bourez.

Confira os confrontos das oitavas em Pipeline:
1- Ítalo Ferreira (BRA) x Peterson Crisanto (BRA)
2- Yago Dora (BRA) x Julian Wilson (AUS)
3 - Ricardo Christie (NZL) x Jack Freestone (AUS)
4 - Seth Moniz (HAV) x Kelly Slater (EUA)
5 - Gabriel Medina (BRA) x Caio Ibelli (BRA)
6 - John John Florence (HAV) x Soli Bailey (AUS)
7 - Jessé Mendes (BRA) x Griffin Colapinto (EUA)
8 - Michel Bourez (FRA) x Kolohe Andino (EUA)














Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também