Pelé: os recordes históricos que só o Rei tem

Jogador que faleceu nesta quinta-feira (29) é dono de recordes nunca igualados por outros atletas

Pelé. Foto: Mark Metcalfe - FIFA/FIFA via Getty Images
Pelé. Foto: Mark Metcalfe - FIFA/FIFA via Getty Images

Considerado o maior jogador da história do futebol, Pelé é dono de recordes nunca igualados por outros jogadores. Apesar de ter se aposentado do futebol em 1977, o Rei ainda detém números impressionantes, e que dificilmente serão superados.

Único jogador na história a ser tricampeão mundial em campo, Pelé faleceu na tarde desta quinta-feira (29), deixando um legado de três Copas: 58, 62 e 70, tendo jogado duas finais. Além de Pelé, apenas um outro homem ganhou três Copas do Mundo: Zagallo, que era jogador nas duas primeiras conquistas brasileiras e técnico da Seleção em 1970. A FIFA, porém, considera Pelé o único legítimo tricampeão.

Desde 1957, Pelé ainda se mantém como o jogador mais jovem a marcar um gol pela Seleção Brasileira aos 16 anos e 9 meses em partida contra a Argentina, válida por um torneio amistoso jogado no Maracanã.

No ano seguinte, durante a Copa de 1958, Pelé também atingiu a marca de jogador mais jovem a marcar um hattrick (três gols), em um jogo de Copa do Mundo, na vitória brasileira sobre a França por 5 a 2, na semifinal do torneio. Dias depois ele se tornou o jogador mais jovem a marcar em uma final de Copa, contra a Suécia.

O Rei ainda é ainda o mais jovem campeão mundial da história, tendo conquistado seu primeiro título aos 17 anos e 249 dias. Apenas um outro jogador conquistou uma Copa do Mundo antes de completar 18 anos - Ronaldo Nazário em 1994. Ronaldo não entrou em campo durante todo o torneio, mas fez parte do elenco comandado por Parreira.

Em 1959, já campeão mundial, o Rei marcou 126 gols durante a temporada, entre jogos pelo Santos e pela Seleção Brasileira. A FIFA considera esse o maior número de gols marcados por um só jogador em um ano. E Pelé fez tudo isso enquanto se dividia entre o futebol e o serviço militar, que cumpriu no 6º Grupo de Artilharia de Costa Motorizado, em Praia Grande. Naquele ano foi campeão sul-americano com as Forças Armadas, marcando 14 gols em 10 jogos.

A FIFA também reconhece Pelé como o jogador que mais marcou gols na história: 1281. Incluem-se na contagem jogos oficiais e amistoso pelo Santos, New York Cosmos, Seleção Brasileira e outras aparições. Pelé disse certa vez que o número era um pouco maior, com 1283 gols marcados, mas a FIFA não reconhece dois gols que o Rei marcou em amistoso pelo Santos, dez anos após sua aposentadoria.