Pela primeira vez no Brasileirão 2020, Botafogo não sofre gol após abrir o placar

João Alexandre Borges
·2 minuto de leitura


Na noite desta segunda-feira, 22, o Botafogo derrotou o São Paulo por 1 a 0, no estádio Nilton Santos, em partida válida pela 37ª rodada do Brasileirão. O resultado não altera a realidade do time, que já está rebaixado em último lugar para série B. No entanto, com a vitória diante do Tricolor Paulista, o clube de General Severiano realizou um feito inédito neste Brasileirão: não permitiu um gol do adversário após abrir o placar.

+ Diretor de futebol do Botafogo comemora escolha de Chamusca

Até aqui, o Botafogo venceu apenas cinco partidas no Brasileirão de 2020: contra o Atlético-MG, contra o Palmeiras, contra o Sport, contra o Coritiba e, agora, contra o São Paulo. Nas quatro vitórias anteriores, o Glorioso venceu por 2 a 1, ou seja, ganhou, mas não evitou que o adversário também balançasse as redes, eventualmente.

O time também sofreu algumas viradas. Na partida contra o Bragantino, válida pela 23ª rodada, o Glorioso chegou a abrir o placar do jogo, mas, no minuto seguinte, sofreu o empate - posteriormente, a derrota veio. O mesmo aconteceu contra o Internacional, na 25ª rodada. O Botafogo abriu o placar aos 28 minutos, mas sofreu o empate oito minutos depois. Mais recentemente, essa realidade se repetiu na derrota para o Atlético-GO, na 31ª rodada.

Os constantes empates no primeiro turno também chamaram atenção. Na quinta rodada, contra o Flamengo, e na nona rodada, contra o Athletico-PR, por exemplo, o Botafogo esteve à frente do placar, mas sofreu o empate nos minutos finais. Na 12ªrodada, contra o Atlético-GO, o time também sofreu o empate, mas este veio no começo do segundo tempo.

OLHAR PARA O FUTURO

De olho na próxima temporada, o feito inédito pode ser um alento para dias melhores. O clube que tanto sofreu para jogar à frente do placar, segurou o quatro colocado São Paulo; o clube que pouco dominou jogos, teve 19 finalizações, sendo oito na direção do gol, enquanto o Tricolor Paulista teve na cobrança de pênalti perdida por Luciano, a única finalização na direção do gol em todo o jogo.

Mais cedo, neste dia, Marcelo Chamusca foi apresentando oficialmente como treinador do Botafogo e acompanhou a partida no estádio Nilton Santos. A contratação do técnico faz parte do processo de restruturação do Alvinegro Carioca, e os jogadores estão bem cientes da nova realidade.

- Temos que pensar no futuro, parar de se importar com a arbitragem. Que eles façam a arbitragem deles da melhor maneira possível e que nós possamos fazer um jogo melhor a cada partida e crescer nas competições que vem. - destacou Diego Loureiro, herói da vitória, ao fim do jogo.

- A gente vem trabalhando bastante, independentemente das constâncias. Isso é um passo importante para a progressão do nosso trabalho. Marcelo Chamusca está aí, olhando para o nosso trabalho. Demos a vida e, graças à nossa equipe, ao Diego, que fez uma defesa de pênalti bonita. Trabalhar agora e pensar no futuro. - pontuou Babi, autor do gol da vitória, ao fim da partida.