Pelé não irá a velório do irmão Zoca, limitado devido ao coronavírus


As cerimônias de velório e sepultamento de Jair Arantes do Nascimento, o Zoca, irmão mais novo de Pelé, será restrita a um número de cinco a seis pessoas. Com a medida, que segue recomendações de autoridades de saúde para evitar aglomeração de pessoas e a proliferação do coronavírus, o Rei do Futebol não estará presente.

Segundo informações do 'UOL Esporte', é comum que Pelé não compareça a este tipo de cerimônia por não se sentir confortável. Ele não presenciou os enterros do pai João Ramos do Nascimento e da filha Sandra Regina, por exemplo. Com 79 anos, o Rei é parte do grupo do risco em relação à COVID-19 e está em isolado em sua casa no Guarujá.

A solenidade por Zoca ocorre nesta quinta-feira, no Cemitério Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos-SP. Ele foi vítima de um câncer de próstata e estava internado no Hospital Casa da Saúde.

Sem o mesmo sucesso do irmão Pelé, Zoca também tentou a carreira no futebol. Ele vestiu a camisa do Santos no início dos anos 1960, mas fez apenas 15 jogos e marcou quatro gols. Em seguida, passou a gerir uma empresa de Pelé.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também