Pekerman deixa cargo de técnico da Colômbia após 6 anos

Reuters
Pekerman em jogo da Colômbia com a Inglaterra 3/7/2018 REUTERS/Maxim Shemetov

Pekerman em jogo da Colômbia com a Inglaterra

Pekerman em jogo da Colômbia com a Inglaterra 3/7/2018 REUTERS/Maxim Shemetov

BOGOTÁ (Reuters) - José Pekerman deixou o cargo de técnico da Colômbia dois meses depois de levá-la às oitavas de final da Copa do Mundo na Rússia, informou a Federação Colombiana de Futebol (FCF) nesta terça-feira.

"Depois de uma reunião com José Nestor Pekerman, o treinador expressou seu desejo de não continuar como líder da equipe nacional", disse a FCF em comunicado.

"Nós da FCF estamos orgulhosos de ter contado com o treinador, que nos qualificou para as Copas do Mundo de 2014 no Brasil e 2018 na Rússia."

Não era esperado que Pekerman, que assumiu em 2012, continuasse depois da campanha na Copa do Mundo, que terminou com uma derrota por pênaltis para a Inglaterra.

Ele agora pode ser um candidato para os cargos vagos no México ou na Argentina, país onde nasceu e cujo time sub-20 levou para Mundiais por três vezes - 1995, 1997 e 2001.

O técnico interino Arturo Reyes comandará a Colômbia em amistosos contra a Venezuela em Miami no dia 7 de setembro e a Argentina em Nova Jersey quatro dias depois.

(Reportagem de Andrew Downie)

Leia também