Pekerman deixa cargo de técnico da Colômbia após 6 anos

Reuters
Pekerman em jogo da Colômbia com a Inglaterra 3/7/2018 REUTERS/Maxim Shemetov

Pekerman em jogo da Colômbia com a Inglaterra

Pekerman em jogo da Colômbia com a Inglaterra 3/7/2018 REUTERS/Maxim Shemetov

BOGOTÁ (Reuters) - José Pekerman deixou o cargo de técnico da Colômbia dois meses depois de levá-la às oitavas de final da Copa do Mundo na Rússia, informou a Federação Colombiana de Futebol (FCF) nesta terça-feira.

"Depois de uma reunião com José Nestor Pekerman, o treinador expressou seu desejo de não continuar como líder da equipe nacional", disse a FCF em comunicado.

"Nós da FCF estamos orgulhosos de ter contado com o treinador, que nos qualificou para as Copas do Mundo de 2014 no Brasil e 2018 na Rússia."

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Não era esperado que Pekerman, que assumiu em 2012, continuasse depois da campanha na Copa do Mundo, que terminou com uma derrota por pênaltis para a Inglaterra.

Ele agora pode ser um candidato para os cargos vagos no México ou na Argentina, país onde nasceu e cujo time sub-20 levou para Mundiais por três vezes - 1995, 1997 e 2001.

O técnico interino Arturo Reyes comandará a Colômbia em amistosos contra a Venezuela em Miami no dia 7 de setembro e a Argentina em Nova Jersey quatro dias depois.

(Reportagem de Andrew Downie)

Leia também