Pedro no Grêmio: por que contratação do atacante da Fiorentina é difícil

Em 2017, o Grêmio conquistou a América pela terceira vez. Os centroavantes daquele time, que praticou um bom futebol, foram Lucas Barrios, já veterano, e Jael , em grande fase, mas que não é nenhum primor da técnica.

Com uma das melhores defesas do Brasil , um meio de campo talentoso e excelentes jogadores de lado de campo, parecia que, para os anos que viriam, a evolução do grupo campeão dependeria de um salto de qualidade de seus atacantes de área. Mesmo após grandes investimentos em atletas como Diego Tardelli, André e Felipe Vizeu, essa subida de patamar não aconteceu.

Agora, o Grêmio tem interesse em um jogador que poderia resolver esse problema : Pedro, ex-Fluminense e atualmente na Fiorentina, da Itália, é um centroavante extremamente talentoso, goleador, com boa técnica e um agravante - ainda é jovem, com 22 anos, e, caso dê certo, pode ser o dono da área do Imortal por muito tempo.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

No entanto, a negociação do Grêmio com a Fiorentina não é tão animadora: a Viola pretende reaver boa parte do valor investido no centroavante em caso de venda, e o clube italiano gastou quase 50 milhões de reais no atacante, um valor que até mesmo o presidente Romildo Bolzan admite que está fora da realidade do Tricolor.

Pedro Fiorentina Serie A 11 09 2019
Pedro Fiorentina Serie A 11 09 2019

O Grêmio tenta usar outras composições de negócio, mas não vem obtendo sucesso: a ideia de envolver Walter Kannemann no acordo já foi brecada e a Fiorentina não pretende emprestar o centroavante neste momento, ao menos. Além disso, o próprio Pedro não estaria tão determinado a retornar ao Brasil, já que o jovem entende que ainda pode ganhar seu espaço na Itália.

Outro fator que pode prejudicar a equipe gaúcha na negociação é a concorrência do Flamengo . Não é segredo pra ninguém que o Rubro-Negro tem interesse no atleta, e o clube carioca teria mais recursos para investir em Pedro, em caso de possível compra.

Também não é o fim do mundo. Luciano, contratado no meio de 2019, teve um bom final de ano, chegou a ganhar um carro de Renato Gaúcho (ou o valor de um) , e deve começar o ano como titular. O atacante marcou cinco gols em 20 jogos nesta última temporada pelo Grêmio.

É claro que contar com Pedro seria ótimo: o atacante seria um reforço muito interessante para qualquer clube brasileiro. No entanto, o Grêmio chegou até onde chegou nesta década usando uma postura austera, sem investir o que não tem, e é improvável que o Tricolor quebre este modelo. Exemplos negativos de clubes irresponsáveis nas páginas heroicas do futebol do Brasil é o que não falta.

Leia também