Pedro: joia do Corinthians envolvida na negociação por Yuri Alberto possui multa milionária

Pedro é a maior joia do Timão (Foto: Rodrigo Gazzanel / Agência Corinthians)


Em uma mega operação, o Corinthians acertou o “fico” do atacante Yuri Alberto até dezembro de 2027, mas para isso teve que aceitar algumas exigências do Zenit, da Rússia, como ceder a preferência de compra do atacante Pedro, de 16 anos.

+ Confira quem sai, quem fica e as movimentações do Timão no mercado

A preferência de compra é diferente da obrigação de compra. Caso o Timão receba uma proposta que lhe agrade pelo atleta, terá de consultar o Zenit antes para saber se os russos têm interesse em igualar a oferta.

+ Veja todas as movimentações do futebol brasileiro na nova ferramenta de mercado do LANCE!

Pedro é considerado a maior revelação do Terrão nos últimos anos, e o plano da diretoria é torná-lo a maior venda do clube. Vale lembrar que quem ostenta esse título é outro jogador formado nas categorias de base do Time do Povo: Pedrinho. O recorde foi quebrado em 2020, quando o Benfica pagou 20 milhões de euros (R$ 111 milhões na cotação atual) para ficar com o meia que hoje está no Atlético-MG.

No início de 2022, Pedro assinou seu primeiro contrato profissional, válido por três anos. A multa rescisória estipulada para equipes do exterior é de 50 milhões de euros (R$ 279 milhões na cotação atual).

+ Veja tabela e simule os jogos do Paulistão 2023

Pedro lidou com problemas físicos durante a última temporada, mas mesmo assim foi um dos destaques da Seleção Brasileira Sub-17 na conquista do Torneio de Montaigu, na França, ao lado de Endrick, negociado pelo Palmeiras ao Real Madrid por 72 milhões de euros (R$ 402 milhões na cotação atual). O jovem corintiano de 16 anos participou de alguns treinos com a equipe profissional durante o tempo de Vítor Pereira no clube, mas não chegou a estrear no "time de cima".

O garoto estava inscrito para disputar a Copa São Paulo, mas acabou sendo convocado pelo técnico Ramon Menezes para defender a Seleção Brasileira no Campeonato Sul-Americano Sub-20, e deixou o Timãozinho após a goleada na estreia contra o Zumbi, onde marcou um dos gols na vitória por 4 a 0.