Pedro Henrique celebra quatro anos de sua estreia oficial no Corinthians


Revelado nas categorias de base do Corinthians, Pedro Henrique completa nesta quinta-feira quatro anos de clube como jogador profissional. Em 4 de junho de 2016, o zagueiro entrou em campo durante a partida para enfrentar o Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro daquela temporada.

No duelo disputado na Arena Corinthians, Pedro foi titular em uma disputa complicada que o Timão saiu atrás no placar e depois conquistou a virada, vencendo por 2 a 1. O defensor acabou deixando o campo para a entrada do atacante André, que acabou marcando o gol de empate.

- A sensação de completar quatro anos como jogador profissional, fazendo essa estreia pelo Corinthians, é de felicidade. Muito feliz em vestir essa camisa tão pesada no futebol brasileiro, que é a camisa do Corinthians, só tenho a agradecer ao clube por me proporcionar isso, a toda minha família, amigos, companheiros e a toda torcida do Corinthians que me recebeu, apoiou e me apoia, que torceram para que isso se concretizasse e ainda torcem por mim - declarou o jovem de 24 anos.



Dali em diante, Pedro Henrique se consolidou no elenco principal do Timão e conquistou o Campeonato Brasileiro de 2017 e o tricampeonato paulista em 2017, 2018 e 2019. No ano passado, ele foi emprestado ao Athletico-PR, treinado pelo técnico Tiago Nunes, atualmente no Timão. Por lá levantaram a taça da Copa Suruga. Quando retornou do clube paranaense, nesta temporada, se tornou titular da zaga corintiana ao lado do experiente Gil.

- Era um sonho meu me tornar profissional pelo Corinthians e graças a Deus consegui concretizar. Só tenho a agradecer a todos e a Deus por todas as oportunidades que eu tive até hoje aqui no clube, por todos os jogos e títulos que carrego na bagagem. Quero dizer que quero completar mais e mais anos com essa camisa, seguirei jogando com determinação e com raça, como nosso clube merece - concluiu.

Pedro Henrique tem sido um dos destaques do time em 2020, com bons números no Paulistão. É o zagueiro com melhor aproveitamento em passes certos da competição, com 95,7% e o zagueiro líder em desarmes, com 22 acertos e 100% de aproveitamento, ou seja, não errou desarmes. Ao todo, o atleta soma 103 jogos e quatro gols marcados pelo clube.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também