Pedrita nega agressões contra ex-namorada e registra boletim de ocorrência por calúnia e difamação

·1 minuto de leitura


Priscila Pedrita, lutadora do peso-mosca do UFC, negou veementemente as acusação de agressão contra sua ex-namorada Marcelle Freitas Nunes. Nesta sexta-feira, atleta publicou um vídeo em uma rede social em que afirma ter entrado com processo judicial contra Marcelle por calúnia e difamação. Na publicação, a lutadora exibe um registro de ocorrência.
+ Confira todos os resultados da Libertadores

A ex-namorada de Pedrita acusa a lutadora de seguidas agressões durante mais de dois anos. Elas iniciaram o relacionamento em 2018. Em entrevista ao 'Combate', Marcelle Freitas apontou comportamentos agressivos e ressaltou que a atleta abusava do álcool e era usuária de maconha e cocaína.

- Eu, Priscila Cachoeira, vim aqui passar uma informação para vocês, passar uma notícia para vocês, dar uma nota de esclarecimento, vocês merecem. Estou aqui para dizer para vocês que estou injustamente sendo acusada de maus tratos, agressão, uso de drogas, mas venho dizer aqui para vocês que isso não passa de calúnia e difamação - alegou no vídeo.

- Estou aqui com o processo judicial de calúnia e difamação contra Marcelle Freitas Nunes, minha ex, que alega que eu a agredia, que usava drogas, e tenho prova de que não, a Justiça terá essas provas, e me desculpe a demora para poder estar me defendendo. Isso ainda está mexendo demais comigo - completou.

Por fim, Pedrita reforçou sua inocência diante das acusações e ponderou que 'jamais levantaria a mão para uma mulher'.

- Digo a vocês galera, quem me conhece de verdade, quem conhece a minha essência, sabe que eu jamais levantaria a mão para uma mulher. Conto com a força de vocês, e a justiça primeiramente de Deus será feita, que aos olhos dele ninguém engana, e a justiça do homem também será feita - concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos