Pedrinho vê erro do Palmeiras em venda de Artur e diz que Flamengo deveria investir no atleta

Pedrinho é ídolo do Vasco e atualmente é comentarista do Grupo Globo (Foto: Reprodução/ESPN Brasil)
Pedrinho é ídolo do Vasco e atualmente é comentarista do Grupo Globo (Foto: Reprodução/ESPN Brasil)


O comentarista Pedrinho, dos canais SporTV, criticou a venda do jovem Artur, ex-Palmeiras. Ele foi comprado pelo Red Bull Bragantino por cerca de R$ 25 milhões para a temporada de 2020. No entanto, segundo o ex-jogador, investir no atleta seria uma excelente opção ao Alviverde.

Pedrinho, que participou na noite desta quarta-feira do programa "Troca de Passes", não se mostrou satisfeito do atacante ter deixado o clube sem ter tido o devido espaço. Eles comentavam as negociações do início da temporada.

- Estou tentando entender a facilidade entre aspas de o Palmeiras ter liberado o Artur. É um jogador diferente, que joga com a perna esquerda trocado e é jovem. Veio da base do Palmeiras. Amadureceu muito no Bahia, foi responsável pelas principais jogadas do Bahia no campeonato - opinou o ídolo do Vasco, que finalizou o argumento dele:

- Aí o Palmeiras diz que vai mudar filosofia, diz que vai contar com os meninos, tem um talento desses. E aí me questiono critérios: "Qual foi o critério de avaliação? Quem liberou?" - disse.

Artur atuou pelo Bahia na temporada de 2019. O atacante não vinha sendo aproveitado pelo clube paulista, outro aspecto que Pedrinho não concorda. Para ele, os principais clubes do país deveriam investir nas novas apostas.

- É aquilo, vão no destaque, mas não vão na necessidade. O Artur livre teoricamente, já que o Palmeiras cedeu para uma negociação, poderia ceder para outro. O Flamengo vai fixando no Michael, que eu acho que vai ter dificuldades para se encontrar no Flamengo apesar de ser talentoso - afirmou. Ele ainda indicou que o time da Gávea poderia ir atrás do atleta, que também sabe atuar pelo meio de campo.

- Por que o Flamengo não vai atrás do Artur? Brigaria por posição e estaria sempre à disposição para fazer uma função muito parecida com a do Everton Ribeiro. Quando ele (Everton) sai, não tem ninguém para fazer. É critério de avaliação, tem que ter gente do futebol olhando isso. Não é possível que liberem um menino com tanto talento - avaliou Pedrinho.












Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também