Pedido por Abel, Richard foi líder em interceptações e aguarda Corinthians por futuro

Luiza Sá
LANCE!
Richard foi titular do Vasco no Brasileirão 2019 (Foto: Celso Pupo/Fotoarena )
Richard foi titular do Vasco no Brasileirão 2019 (Foto: Celso Pupo/Fotoarena )


Depois de definir o treinador de 2020, o Vasco já começou a traçar as prioridades no planejamento da próxima temporada. Um dos jogadores que Abel Braga já manifestou o interesse de continuar contando é o volante Richard, com quem já havia trabalhado junto durante a última passagem pelo Fluminense, em 2017/2018. O atleta tinha contrato de empréstimo até o fim deste ano e ainda aguarda para saber se o futuro será em São Januário.

A situação do jogador no Corinthians ainda é indefinida. O clube paulista está resolvendo as situações de Júnior Urso, que deve ser vendido para o Orlando City, dos Estados Unidos, e Victor Cantillo, sonho atual da diretoria. Caso essa transferência se concretize, a tendência é que a liberação de Richard aconteça sem problemas. Se não for adiante e o Timão não encontrar outro segundo volante para ser titular, as chances do atleta ficar livre são menores. O contrato com a equipe de São Paulo é até dezembro de 2022.

Richard foi emprestado ao Vasco no meio de 2019, após ter poucas chances no Corinthians. Sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, assumiu a condição de titular absoluto e fez 25 partidas. No Fluminense, ele chegou em agosto de 2017 pouco badalado. Até a saída de Abel, o jogador era o terceiro que mais havia jogado no elenco e mesmo com Marcelo Oliveira continuou como titular, chegando às 57 partidas, apenas três como reserva.




Apesar do papel mais discreto, ele era essencial para o jogo funcionar, assim como aconteceu no Vasco, onde rapidamente se tornou um dos homens de confiança de Luxemburgo. No Cruz-Maltino, porém, o volante terminou a temporada sob fortes protestos e desconfiança da torcida por repetidas falhas na reta final. Ele foi o líder em interceptações do time, com 18, e fez 44 desarmes.

- Eu estou pedindo o Richard de volta. Me deu uma resposta muito boa no Fluminense. Vasco mudou depois que ele entrou na equipe. Vanderlei me ligou na época. Isso é tentar fazer um Vasco mais forte. Conversei duas horas com Vanderlei. Um amigo, vencedor - disse Abel durante a apresentação.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também