Pedido de anulação de partida do Vasco vira piada nas redes por erros de digitação; clube se explica

LANCE!
·2 minuto de leitura


Os torcedores do Vasco fizeram piada em uma página de humor do clube, no Twitter, neste domingo, com o ofício que a equipe pede a anulação da partida contra o Internacional, disputado pelo Brasileirão. Um lance na partida causou polêmica. Na carta, os internautas repararam em erros de digitação e na data.

+ Veja a tabela de classificação e simule as próximas partidas

A carta, que foi divulgada aos torcedores do time carioca em nota no site oficial da equipe, foi enviada ao delegado da partida e tinha o nome do presidente do Vasco Jorge Salgado escrito sem a letra "l", além da datação do documento ser enviada com o ano de 2020.

- Por isso, requeremos a anulação da partida Vasco x Internacional ocorrida em 14/02/2020, com a consequente remarcação da partida em nova data e com um VAR em pleno funcionamento - escreveu o clube no ofício.

O problema com o aparelho que auxilia os árbitros foi detonado pelo treinador Vanderlei Luxemburgo. Segundo o canal Premiere, terá acontecido um erro no sistema do árbitro de vídeo que impossibilitou que o lance fosse analisado com o VAR.

Leia abaixo:

Pedido de anulação de partida Vasco x Internacional
Pedido de anulação de partida Vasco x Internacional

Pedido de anulação enviado pelo Vasco à CBF (Divulgação/Vasco)

O Vasco perdeu a partida por 2 a 0 com gols de Rodrigo Dourado e Thiago Galhardo. Com o resultado negativo, o Gigante se mantém entre os últimos na tabela de classificação do Brasileirão. O atacante Cano ainda perdeu um pênalti.

De acordo com o clube, o comunicado publicado na página já foi substituído e corrigido. O documento criado teria sido uma forma de protesto ao delegado da partida e o teve como iniciativa mostrar que, durante o jogo, o Gigante se manifestou. Na terça-feira, 48h após a partida, o Vasco vai solicitar oficialmente a anulação do jogo junto ao STJD.

- Portanto, mesmo tendo circulado o documento com erros na data e na assinatura, este não tem qualquer interferência no processo todo - disse o clube em nova nota.

O jurídico do Gigante da Colina tem a intenção de entregar um ofício à CBF e entrar com uma ação ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva pedindo a anulação da partida nesta segunda-feira. A informação foi dada inicialmente pelo Ge.

No Twitter, a página de humor do clube "Museu de memes do Vasco" destacou o erro. Um internauta disse que a carta seria um reflexo do time no século XXI. Outro escreveu, em tom de brincadeira, que teria que ser feita outra carta para anular a primeira.

Veja como foi a repercussão abaixo: