Pede passagem: Kayque mostra serviço contra Vasco e Flamengo e pode ganhar espaço no Botafogo

Sergio Santana
·2 minuto de leitura


Não foram sequer 90 minutos completos, mas Kayque mostrou credenciais que podem lhe credenciar para ter muito mais tempo de jogo no Botafogo. O meio-campista entrou no decorrer dos últimos dois clássicos pelo Campeonato Carioca - empate contra o Vasco e derrota para o Flamengo - e deixou uma boa impressão em campo.

+ Choque de realidade: Botafogo passa sufoco diante do Flamengo e vê que 'buraco é mais embaixo'

O jogador de 20 anos iniciou a temporada sem poder atuar. Kayque pertence ao Nova Iguaçu e está emprestado ao Botafogo. O primeiro período de cessão do atleta havia terminando logo no fim da última temporada e as equipes começaram a negociar sobre a renovação do vínculo, o que resultou na demora da regularização do atleta.

Aos poucos, contudo, ele vai recuperando o ritmo. Kayque terminou o último Campeonato Brasileiro como titular e foi um dos poucos pontos positivos das últimas duas partidas do Botafogo no Carioca. O camisa 49, vale ressaltar, atuou por 59 minutos nas duas oportunidades somadas.

Kayque se destaca pela presença física em campo. Apesar do porte avantajado, não fica preso na posição e também apareceu bem na cobertura de espaços. Nas partidas até aqui, Marcelo Chamusca, até aqui, tem escalado entre José Welison, Luiz Otávio e Matheus Frizzo como a dupla de volantes titular.

+ Chamusca defende Benevenuto após derrota do Botafogo para o Fla: 'Não podemos colocar tudo na conta dele'

O jovem, contudo, pede passagem e pode ganhar mais espaço. A próxima partida do Botafogo é justamente contra o Nova Iguaçu, equipe que detém os direitos federativos do jogador, no próximo domingo, pela 6ª rodada do Campeonato Carioca.

O camisa 49 colocou uma "pulga atrás da orelha" de Chamusca, que pode considerar a entrada do jovem com uma maior frequência de minutos nos próximos jogos.