Peça-chave de Tite, Casemiro marca seu primeiro gol em uma Copa do Mundo

*ARQUIVO* Sochi, , Russia, 29-06-2018:  Copa Russia 2018. Jogador Casemiro , da selecao Brasileira, da entrevista coletiva no campo de treinamento do Brasil em Sochi e fala sobre o jogo contra o Mexico (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)
*ARQUIVO* Sochi, , Russia, 29-06-2018: Copa Russia 2018. Jogador Casemiro , da selecao Brasileira, da entrevista coletiva no campo de treinamento do Brasil em Sochi e fala sobre o jogo contra o Mexico (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O volante Casemiro marcou o seu primeiro gol em Copas do Mundo nesta segunda-feira (28), na vitória por 1 a 0 sobre a Suíça, na segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo do Qatar. Foi um prêmio pela insistência.

"No primeiro jogo [contra a Sérvia], a bola foi no travessão. Hoje, tive a felicidade de fazer o gol. O mais importante é ajudar a equipe", disse Casemiro, na saída de campo.

Esta é a segunda Copa do Mundo de Casemiro. São seis jogos no histórico da competição, e agora um gol. Peça-chave da seleção brasileira, é titular absoluto da equipe de Tite.

Na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, esteve em campo nos quatro primeiros jogos do Brasil. Mas, na partida contra a Bélgica, nas quartas de final, ficou fora, suspenso pelo segundo cartão amarelo. O Brasil acabou sendo derrotado por 2 a 1 e deu adeus ao Mundial.

Com Tite, tem sido peça-chave dentro e fora de campo. Nesta semana, atuou como volante fora de campo e saiu em defesa de Neymar, durante entrevista coletiva, dizendo-se triste pelas críticas recebidas pelo atacante.

A troca de elogios veio nesta segunda, após o jogo. Neymar, que ficou no hotel fazendo tratamento no tornozelo direito lesionado, publicou nas redes sociais que "Casemiro é o maior volante do mundo há muito tempo".

Este tem sido um ano de grandes mudanças para Casemiro. Em agosto, após oito anos vestindo a camisa do Real Madrid, ele deixou o clube merengue para atuar no Manchester United, na Inglaterra. O clube inglês desembolsou R$ 311 milhões na sua contratação.

Revelado pelo São Paulo em 2010, foi negociado com o Real Madrid em 2013, por R$ 17 milhões. Jogou no Real Madrid Castilla, o time de base merengue, e também foi emprestado ao Porto, até ser integrado de vez ao time principal do Real, em 2015.

No clube espanhol, o volante brasileiro conquistou 17 títulos, cinco deles na Liga dos Campeões. Já na seleção, foi campeão da Copa América de 2019. Antes, na base, havia sido campeão mundial sub-20, em 2011.

Casemiro demorou um pouco para se firmar no clube inglês, mas hoje já é titular da equipe comandada pelo holandês Erik ten Hag.