Pay-per-view de competições fora da Globo já somam 500 mil assinantes

LANCE!
·2 minuto de leitura


A soma do número de assinaturas do pay-per-view de três competições fora da Globo já ultrapassaram a marca de 500 mil, segundo o colunista do 'Uol', Rodrigo Mattos. Foram analisados os dados da Conmebol TV, e os serviços de streaming do Cariocão e da Copa do Nordeste.

+ Veja os confrontos da fase de grupos da Libertadores e simule os resultados

Conforme o LANCE! informou em entrevista exclusiva com o executivo ex-Globo, Marcelo Campos Pinto, responsável pela parceria com a Ferj para o PPV do Cariocão, o sistema que foi novidade para 2021 já alcançou 200 mil inscritos e poderia ter números maiores, se não fosse a pirataria.

- Durante décadas o consumidor do produto futebol se habitou a comprar todos os produtos num só fornecedor, a Globo. A partir do ano passado o futebol passou a ser distribuído por outros veículos. (...) Temos trabalhado com os clubes para lançarmos uma campanha que mostre aos torcedores que a pirataria tira recursos do clube de coração, um recurso que faz falta na hora da contratação de um reforço, por exemplo - disse Campos Pinto, na ocasião.

Além dos 200 mil do Campeonato Carioca, Rodrigo Mattos divulgou os números da Conmebol TV, responsável pela Copa Libertadores e a Recopa Sul-Americana. Segundo o jornalista, o serviço de streamming da Conmebol também soma 200 mil assinantes.

O serviço mostra jogos da Libertadores não aproveitados pelo SBT e conta com assinantes do país inteiro, já que a emissora de Silvio Santos costuma dividir os jogos por regiões que possam atrair mais público, o que amplia o número de assinantes por parte de fãs do esporte que querem ter acesso a um número maior de partidas.

Outro serviço de PPV é o da Copa do Nordeste, conhecida como Lampions, que já soma 100 mil assinantes, chegando, com isso, aos 500 mil das três competições somadas. Podemos destacar ainda o serviço Estádio TNT Sports que inclui jogos da Champions, Brasileiro, eliminatórias europeia e Nations League, da TNT Sports, que não teve o número divulgado.