Paulo Victor, técnico do Palmeiras na Copinha, vê o favoritismo do Verdão com 'naturalidade'

·2 min de leitura
Paulo Victor Gomes, técnico do Sub-20, em coletiva de imprensa (Reprodução/YouTube)


Dois dias antes da estreia na Copa São Paulo 2022, o técnico do Palmeiras, Paulo Victor Gomes, concedeu entrevista coletiva, onde falou sobre o favoritismo da equipe na competição e a experiência dos garotos da base.

+ Veja as datas de reapresentação e da primeira partida oficial dos clubes brasileiros em 2022

Apesar de nunca ter vencido a Copinha, a base do Verdão conquistou inúmeros títulos nos últimos anos. O time sub-20 venceu os últimos cinco estaduais da categoria. Além disso, foi campeão do Brasileiro de 2018 e da Copa do Brasil de 2019.

Assim, Paulo Victor foi perguntado sobre o favoritismo de sua equipe na competição.

- (Encaro o favoritismo) com muita tranquilidade e naturalidade, com bastante foco naquilo que a gente controla, que é a nossa preparação, entrega e disciplina. O Palmeiras entra em todas as competições para buscar o nosso objetivo, que é ser campeão - disse o treinador.

VEJA TABELA COM DATAS E HORÁRIOS DOS JOGOS DO MUNDIAL DE CLUBES

O time sub-20, inclusive, foi utilizado no Campeonato Paulista e nos últimos jogos do Campeonato Brasileiro do ano passado.

Dos 30 nomes inscritos na Copinha, 12 já foram utilizados na equipe profissional. São eles: Lucas Freitas, Michel, Garcia, Lucas Sena, Vanderlan, Fabinho, Naves, Pedro Bicalho, Gabriel Silva, Kevin, Vitinho e Giovani.

Paulo Victor falou que a experiência dos garotos nessas competições foram positivas para eles ganharem bagagem.

- Foi muito positivo tudo o que a gente viveu na reta final do Brasileiro, tendo a possibilidade de representar o time principal. Jogar a Série A dá uma bagagem muito grande para esses jogadores, foram na Arena da Baixada com a torcida deles e depois em casa com a nossa torcida. Conseguimos ter um bom desempenho, o que sem dúvida pesa a nosso favor nessa competição - ponderou.

Por fim, PV, como é conhecido, discorreu sobre a possibilidade do Verdão brigar por títulos e revelar jogadores por meio de sua base.

- Penso que é possível, sim, você formar jogadores e vencer jogos e campeonatos. Os jogos decisivos fazem parte de um bom processo de formação, e é isso que o Palmeiras vem demonstrando nos últimos anos - concluiu.

O Palmeiras estreia na Copinha na quarta-feira (5), às 15h15, contra o Assu-RN, em Diadema. O Verdão ainda vai encarar o Água Santa e Real Ariquemes no Grupo 28.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos