Paulo Sousa, do Flamengo, nega informação de Eric Faria e avalia levar caso à Justiça

O técnico Paulo Sousa assumiu o comando do Flamengo em janeiro de 2022 (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)


Horas depois de Eric Faria, da TV Globo, cravar que Paulo Sousa teria "encomendado" pergunta sobre Diego Alves, o técnico do Flamengo divulgou nota oficial sobre o tema na noite desta quinta-feira. No documento publicado pela assessoria de imprensa, Paulo Sousa nega a informação divulgada pelo jornalista no "Seleção SporTV". Inclusive, não descarta levar o caso à Justiça.

+ Lembre episódios que sacudiram o Flamengo desde 2020

- Nunca teve nenhuma conversa pessoal com nenhum jornalista, seja através de aplicativos de mensagens ou ligação, apesar de receber vários pedidos diretos de profissionais dos mais diferentes veículos. Paulo Sousa nega com veemência a informação passada por Eric Faria de que teria “encomendado” algum tipo de pergunta a um repórter. O técnico lamenta que um profissional de um dos principais veículos de comunicação do país tenha, de modo leviano, sem ouvir todas as partes envolvidas, feito esse tipo de acusação. E não descarta a possibilidade de buscar o caminho da justiça caso não haja retratação pública - diz a nota.

A pergunta em questão foi feita por um colega de Eric Faria na TV Globo. Presente na cobertura diária do Flamengo, Fred Huber foi ao Twitter dizer que aproveitou o espaço na coletiva com Paulo Sousa para ratificar a informação de que o técnico estaria insatisfeito com o goleiro.

Minutos depois, o próprio Eric Faria também usou o Twitter para esclarecer a sua declaração. O jornalista opinou dizendo que a "encomenda" seria, na verdade, uma dica de um terceiro que o assunto poderia render, como aconteceu. E afirmou ainda que faria o mesmo que Huber se estivesse naquela situação.

RELEMBRE O CASO

Após a vitória sobre a Universidad Católica (CHI), Paulo Sousa foi perguntado sobre a ausência de Diego Alves na partida. Ao justificar, o técnico informou que o goleiro não treinava com o grupo desde 8 de maio, e que, respeitando os "processos", não poderia o escalar.

Além disso, o técnico citou uma reunião do camisa 1 com o diretor Bruno Spindel, na qual Diego Alves teria se colocado à disposição. Veja toda a explicação dada pelo técnico Paulo Sousa clicando aqui!

As declarações dadas na noite de terça tiveram grande repercussão. Na quarta, Diego Alves publicou uma foto de Adriano no Instagram, com a seguinte mensagem: "Que Deus perdoe essas pessoas ruins."

O preparador de goleiros Paulo Grilo também usou as redes sociais, postando uma foto do grupo do Flamengo com a legenda "somos todos, menos alguns" e a classificação do Grupo H da Libertadores.

Com o mal-estar entre o camisa 1 e a comissão técnica escancarado, uma reunião foi feita no Ninho do Urubu, nesta quinta, com as presenças de Diego Alves, Diego Ribas, Paulo Sousa e Bruno Spindel.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos