Paulo Bento não acredita que experiência no Cruzeiro tenha influenciado confronto contra o Brasil

Paulo Bento teve uma curta passagem pela toca da Raposa, em 2016 - (Foto: Divulgação/Cruzeiro)


Mesmo com uma boa campanha na Copa do Mundo, a derrota por 4 a 1 para a Seleção Brasileira deixou um gosto amargo na eliminação da Coreia do Sul, time comandado por Paulo Bento. Em entrevista para jornalistas após a partida, o técnico português relembrou sua passagem pelo Cruzeiro, e não acredita que a experiência no Brasil tenha influenciado o embate entre seleções.

- A experiência (no Cruzeiro) foi a muito tempo, foi demasiado curta. Eu creio que as equipes do Brasil jogam de uma maneira diferente do que joga a Seleção Brasileira. Obviamente, algumas podem ter coisas da Seleção, mas acredito que o Brasil está em um nível que muitas poucas seleções podem estar - disse o treinador.

Ainda na entrevista, além de revelar que não seguirá no comando da Coreia do Sul, Paulo Bento revelou acreditar que a Seleção Brasileira é a grande favorita à conquista da Copa do Mundo, e elogiou o futebol apresentado pelos brasileiros.

- É para mim o maior candidato ao título (Seleção Brasileira). E acredito que hoje em dia o Brasil tem algo que antes não tinha. Qualidade técnica sempre teve. Hoje adicione uma qualidade tática e níveis de agressividade e de intensidade, ofensiva e defensivamente, que cria muitas complicações ao adversário.

+ Na Copa do Mundo, Paulo Bento diz que segue acompanhando o Cruzeiro
+ Diretor do Cruzeiro explica lógica financeira para 2023 e comenta posicionamento no mercado