Paulo Bento elogia agressividade da Coreia do Sul em empate com Uruguai


O português Paulo Bento, técnico da Coreia do Sul, elogiou nesta quinta-feira a postura dos comandados no empate com o Uruguai em 0 a 0, na abertura da Copa do Mundo, mas admitiu o sofrimento, especialmente, no segundo tempo, com os "jogadores muito bons" do adversário.

- Um dos aspectos positivos foi igualar os níveis de agressividade do Uruguai, que sabemos ser uma equipe intensa. Pressionamos bem - garantiu o antigo comandante do Cruzeiro, em entrevista coletiva.

- No segundo tempo, foi um pouco mais baixo. Agora, vamos tentar recuperar os jogadores e ver se podemos manter os níveis de agressividade no jogo seguinte, porque será difícil - completou Bento, em referência ao duelo com Gana, na próxima segunda-feira.

+ Confira e simule a tabela da Copa do Mundo

Para o português, de uma forma geral, foi um bom jogo, de muita competitividade, e que os sul-coreanos, em nenhum momento deixaram de brigar pela vitória.

- Fizemos um jogo muito bom na primeira parte, com momentos de domínio e pudemos desenvolver nosso jogo. Depois, sofremos um pouco porque o adversário tem jogadores muito bons - explicou o técnico.

- Temos confiança de que podemos jogar nesse estilo, e que podemos correr alguns riscos - completou Bento, sobre o restante da participação da Coreia do Sul, que ainda enfrentará Portugal, além de Gana.