Paulistas lutam por vagas nas semifinais do NBB

Paulistano/Corpore e Mogi das Cruzes/Helbor entram em quadra nesta terça-feira com vantagem de 2 a 1 na série

A noite desta terça-feira promete agito no basquete nacional. Com vantagem na série, o Paulistano/Corpore recebe, nesta terça-feira, às 19h30, o Franca Basquete e tem a chance de carimbar seu nome nas semifinais do NBB. O clube de São Paulo lidera o confronto por 2 a 1. A partida será transmitida pelo SporTV.

Mais tarde, às 21h30, outro paulista entra em quadra. O Mogi das Cruzes/Helbor busca, em Salvador, a terceira vitória nas quartas de final contra o Universo/Vitória. O confronto será transmitido pelo #NBBnaWEB. O time paulista está em vantagem por 2 a 1.

Pinheiros vence e leva confronto para o Jogo cinco

Na noite da última segunda-feira, o E.C. Pinheiros venceu novamente o Flamengo e empatou a série em 2 a 2. O clube da capital paulista fez 102 a 98 e forçou a realização do quinto e último jogo das quartas de final. A última partida será nesta sexta-feira, em horário a ser definido, no Ginásio de Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro. O duelo que definirá o rival do Gocil/Bauru Basket nas semifinais terá transmissão ao vivo dos canais SporTV.

No último confronto, os norte-americanos Holloway e Bennett tiveram grandes atuações e comandaram a vitória pinheirense. O primeiro foi o cestinha da partida, com 32 pontos, e ainda garantiu nove rebotes, seis assistências e quatro bolas recuperadas. Já o camisa 3 registrou 22 pontos, seis rebotes, cinco assistências e duas bolas recuperadas.

- Vamos ao Jogo 5 e é agora é tudo ou nada. Lutamos sempre por essa equipe e por essa torcida. Temos totais condições de jogar de igual para igual com o Flamengo e vamos lutar para fazer história novamente - disse o cestinha Holloway.

Com 24 pontos, o ala Marquinhos foi o cestinha do Flamengo, seguido por Olivinha, que marcou 19. Outro destaque do clube da Gávea na partida foi o armador Ricardo Fischer, responsável por dez pontos e oito assistências.

Em toda a história do NBB, o Pinheiros é responsável por três das quatro viradas em uma série de playoffs após estar atrás por 2 a 0. A última delas foi na temporada passada, diante do Minas Tênis Clube, nas oitavas de final.














E MAIS: