Paulistão: há um favorito evidente para o título

11 – Dudu – Palmeiras – 5,5 milhões de euros. Foto: Futura Press

Melhor elenco do Brasil, o Palmeiras vai encarar a Ponte Preta em uma das semifinais do Campeonato Paulista. Passou com sobras pelo Novorizontino e é favorito, como seria contra o Santos. São 29 gols marcados e nove sofridos em 14 jogos para a equipe de Eduardo Baptista. Mas o time de Campinas mereceu a classificação nos pênaltis diante do Peixe. Foi competente e trabalhou bem nos dois encontros, tanto em Campinas como em São Paulo. A Ponte de Gilson Kleina tem 19 gols a favor, 17 contra.

Do outro lado da chave, Corinthians e São Paulo medem forças. Impossível apontar favoritismo. São dois elencos que carecem de equilíbrio. De um lado, o Alvinegro, comandado por Fábio Carille, com um sistema defensivo acertado e seguro (tomou apenas nove gols no estadual), mas com pouca criação ofensiva (marcou 15, em 14 jogos). Do outro, treinado por Rogério Ceni, um Tricolor com desempenho ofensivo interessante, mas inseguro na defesa. São 32 tentos marcados (mais do que o dobro do Corinthians) e 20 sofridos (também mais do que o dobro).

Os números – e não apenas a forma tática e técnica – mostram como o Palmeiras é o conjunto mais equilibrado do estadual. Tem o poder ofensivo do São Paulo e a segurança defensiva do Corinthians. É o time que está mais perto do título.