Paulista começa em ritmo de pré-temporada para os times grandes

·3 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Campeonato Paulista é também chamado de "Paulistão" e pejorativamente referido como "Paulistinha". Na edição que começa neste final de semana, não parece ser com a empolgação no aumentativo que os principais clubes de São Paulo entram na disputa.

Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos iniciam a competição estadual em ritmo de pré-temporada. Mesmo os dois últimos, que não estão classificados à Copa Libertadores, tratam o torneio mais como uma oportunidade de arrumar a casa do que como uma busca ferrenha por uma taça.

O primeiro a entrar em campo será o Palmeiras, que estreia neste domingo (23). O duelo com o Novorizontino, às 16h, em Novo Horizonte, é antecipado da quinta rodada e será exibido por Record, Paulistão Play e Premiere.

A primeira rodada será realizada a partir de terça-feira (25), mas a diretoria alviverde solicitou à FPF (Federação Paulista de Futebol) a antecipação de um jogo. Assim, o time terá quatro partidas oficiais antes de viajar aos Emirados Árabes Unidos, onde disputará o Mundial.

O embarque está marcado para 2 de fevereiro. Até lá, além de encarar o Novorizontino, a equipe enfrentará a Ponte Preta, o São Bernardo e o Água Santa. Ter quatro compromissos como preparação foi um pedido do técnico Abel Ferreira.

A ideia é dar ritmo de jogo aos atletas para o torneio internacional, grande objetivo do Palmeiras. Classificado diretamente à semifinal, no dia 8 de fevereiro, o campeão sul-americano enfrentará o ganhador do duelo entre Monterrey, do México, e Al Ahly, do Egito.

Na data inicialmente prevista como a de abertura do Paulista, terça, o Corinthians terá pela frente a Ferroviária, às 21h. O Paulistão Play e o Premiere transmitirão o embate na Neo Química Arena, em Itaquera.

A principal meta da agremiação alvinegra neste ano é fazer uma boa campanha na Libertadores. Classificada diretamente à fase de grupos, que terá início em abril, ela espera ganhar corpo ao longo do Paulista, que funcionará como laboratório para o treinador Sylvinho.

Em 2021, apesar da melhora significativa da equipe após as chegadas de Renato Augusto, Willian, Róger Guedes e Giuliano, houve oscilações entre atuações boas e ruins. O desempenho fora de casa foi fraco e gerou muitas críticas ao trabalho do comandante.

Agora, além de conviver desde o início do ano com os reforços que chegaram no último semestre, Sylvinho terá ao menos mais um jogador de peso no elenco: o volante Paulinho, recém-repatriado pelo clube.

Santos e São Paulo vão estrear na competição na quarta e na quinta-feira, respectivamente. A equipe da Baixada jogará primeiro, contra a Inter de Limeira, fora de casa, às 19h, com transmissão da HBO Max. No dia seguinte, o time tricolor enfrentará o Guarani, em Campinas, às 21h30 --a Paulistão Play, YouTube e o Premiere exibirão.

As duas equipes tiveram trajetórias semelhantes no final de 2021. Ambas conviveram com o risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro e só conseguiram os pontos necessários para escapar da degola nas rodadas derradeiras.

A dificuldade experimentada recentemente afeta o planejamento para 2022. Nenhum clube joga fora a possibilidade de levantar o troféu, mas o Estadual é visto primeiramente como uma oportunidade de identificar e corrigir as fraquezas dos elencos de Rogério Ceni e Fábio Carille.

O título paulista, em si, como se mostrou no ano passado, não significa que o melhor caminho tenha sido encontrado. Na última temporada, o São Paulo priorizou o Estadual, findou um jejum de conquistas de quase dez anos e, na sequência, foi muito mal. O técnico campeão, Hernán Crespo, acabou demitido.

Já o Palmeiras, derrotado na decisão, superou o princípio de crise do vice-campeonato e terminou o ano com mais uma grande festa. Usando jogadores que ganharam rodagem no Paulista, no qual Abel Ferreira adotou formações alternativas, chegou mais uma vez ao topo da América do Sul.

Agora, o torneio não é tratado como prioritário por nenhum de seus principais times. Mesmo o Red Bull Bragantino, que vem ganhando espaço e poderia usar a disputa para dar uma demonstração de força, está mais preocupado com sua primeira participação na Libertadores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos