Paulistão deve servir como vestibular para emprestados no Santos

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·1 minuto de leitura


O calendário apertado deve fazer o Santos preservar boa parte do seu elenco no começo da disputa do Campeonato Paulista. Isso pode dar a chance de nomes não muito aproveitados mostrarem seu serviço, especialmente de jogadores que estava emprestados mostrarem se têm condições de permanecerem no clube.

>> Confira a tabela atualizada do Campeonato Brasileiro

Entre os nomes que retornam ao Santos já no início de temporada estão o lateral-esquerdo Romário (Cuiabá), os meias Anderson Ceará (CRB) e Alexandre Tam (Confiança) e o atacante Rodrigão (Avaí). Dos quatro, apenas Romário fez um boa competição na Série B, sendo titular em boa parte da campanha do acesso da sua equipe. Os outros três, juntos, somam 15 partidas.

Eles tentam seguir os passos de Lucas Braga, que esteve emprestado pelo Santos para mais de uma equipe e aproveitou a sua chance quando retornou ao clube. O atacante ganhou espaço com o técnico Cuca e foi titular em boa parte dos jogos nos últimos meses.

Além dos jogadores que estavam emprestados, o Santos deve utilizar ainda mais jogadores da base. Nomes como Kayky Fernandes e Gabriel Pirani devem ter boas chances para mostrarem potencial durante o Estadual.

O planejamento do Santos se deve ao fato de não ter folga entre as temporadas nesse ano. O último jogo da equipe no Campeonato Brasileiro está marcado para 25 de fevereiro. A estreia no Paulistão é três dias depois.