Paulinho se manifesta sobre possível volta ao Corinthians: 'Nada definido'

·3 minuto de leitura


A torcida do Corinthians está empolgada com o volume de possíveis contratações do clube para esta temporada. Uma delas é o volante Paulinho, que está livre no mercado e conversa com os dirigentes corintianos. No entanto, com proposta de fora do país e muita coisa a pesar na decisão, ele se manifestou de forma dupla nesta quinta-feira sobre essas possibilidades.

Primeiramente, ele usou seu Instagram para esclarecer o que tem levado em conta para definir o seu destino. Além disso, ele aproveitou para rebater uma reportagem do Meu Timão sobre sua esposa ser um dos fatores que impediriam uma volta ao Timão neste momento. Por essas e outras, o volante fez questão de dizer o quanto o fator família será decisivo na escolha. Confira:

"Minha carreira sempre foi pautada por relações profissionais respeitosas e leais, por isso me causou indignação o texto que o repórter Rodrigo Vessoni publicou no site Meu Timão. O Corinthians é um clube onde sempre fui muito bem recebido, onde me sinto respeitado e querido. Sou grato por tudo que vivi e ainda vivo por causa do Corinthians.

O interesse do clube no meu futebol, nesse momento, me deixa honrado, o carinho que recebido dos torcedores é indescritível. Mas uma decisão como essa implica em consequências na vida de várias pessoas. Pessoas que sofrem por mim, que renunciam a muitas coisas em nome da minha carreira, em especial a minha esposa Vivian, que sempre me apoiou e esteve ao meu lado, mesmo com suas responsabilidades profissionais nunca palpitou ou interferiu nesse tipo de decisão. Nunca escondi de ninguém que antes de tomar essa decisão (ela não foi tomada), vou levar muito em consideração o bem-estar da minha família, vou pesar pros e contras, e vou escolher o que considerar melhor para todos nós.

Expor a minha família da forma como foi feito na publicação (inclusive citando o nome dos meus filhos menores de idade) é completamente inaceitável e inconsequente".

Além de falar por meio de seu Instagram, Paulinho concedeu entrevista ao canal "Bem Posicionados", do YouTube. Lá ele admitiu conversas com o Corinthians e revelou que não há nada definido, mas também não descartou a possibilidade de defender outro clube no Brasil, se optar a jogar no país.

- Houve conversa com o Corinthians, a gente conversou bastante, vem conversando. Não tem como (não conversar), por tudo o que o Corinthians fez por mim, mas sempre deixei claro que não tenho nada definido.

- Pode talvez soar de um jeito que as pessoas não entendam, mas é a minha vida. Eu construí uma história bacana dentro do Corinthians, mas nada impede, se vier uma proposta bacana de outro clube, eu falar: 'Vou pensar, acho que é bom para mim, minha família' - declarou.

Paulinho também admitiu que recebeu propostas de fora do país e quer definir o mais rápido possível a sua vida para poder voltar a treinar e ser integrado ao seu novo clube o quanto antes, no entanto sempre com cautela. Por fim, ele esclareceu que em momento algum descartou voltar a jogar no Brasil.

- Surgiram opções fora do Brasil: Europa, mundo árabe. Eu estou pensando bastante para poder tomar uma decisão. Ainda tem um certo tempo para definir, mas estou tentando definir o mais rápido possível, até para fazer pré-temporada dependendo de onde for, se for Europa, ou mundo árabe, ou Brasil, quero definir o mais rápido possível - declarou antes de completar:

- Muita gente diz que eu não quero mais o Brasil. Não é isso. O que eu tenho que fazer é tomar uma decisão e eu não posso mais tomar uma decisão equivocada. Eu vou fazer 33 anos. Falam que sou jovem, sou novo, mas não posso me equivocar. Tenho família, esposa, meus pais. Tenho que colocar tudo isso na balança e decidir se é melhor ficar no Brasil ou ir para fora. Tenho que ter muita cautela e calma para definir para não ser precipitado.

O Corinthians segue as conversas com Paulinho, mas sabe que a situação é difícil e que há uma preferência por atuar ainda no futebol europeu. A contratação não está descartada, mas neste momento é vista como "muito improvável". A diretoria alvinegra vê Giuliano e Renato Augusto mais próximos de um acerto com clube, que pode acorrer já nas próximas semanas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos