Paulinho agora está pronto para jogar na Europa, opina diretor do Leverkusen

Goal.com

Mesmo com o recente jejum em Copas do Mundo, o Brasil segue sendo um dos países que mais exporta jovens jogadores para o futebol mundial. Vinicius Júnior, Rodrygo e Renan Lodi, Richarlison, Lucas Paquetá e Bruno Guimarães são apenas alguns nomes da nova safra canarinho - que pode ser reforçada por Talles Magno num futuro próximo. Mas, na Bundesliga, um jogador em especial tem tudo para brilhar a partir de agora, pelo menos no que depender da opinião de quem manda na bola na Alemanha. 

Em entrevista exclusiva à Goal, Simon Rolfes, diretor esportivo do Bayer Leverkusen, disse que Paulinho, contratado em 2018 após se destacar pelo Vasco da Gama, está enfim pronto para fazer a diferença pelo clube alemão, que prepara para voltar aos gramados já no próximo final de semana.

"Acho que Paulinho está pronto para jogar na Bundesliga. Tanto que no último jogo ele fez gols, deu assistência [fez dois gols na goleada por 4 a 0 sobre o Eintracht Frankfurt]. Foi uma grande partida."

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O jovem atacante chegou à Alemanha com apenas 18 anos de idade e teve dificuldade para se destacar logo no início, com a adaptação a um futebol mais duro. Mas, na visão do diretor, é completamente normal que um jogador dessa idade leve um tempo para se adaptar a um novo país e a uma nova cultura.

"É normal que você precise de algum tempo para se adaptar ao futebol europeu e Paulinho é muito, muito jovem. Então achamos normal que ele tenha precisado de algum tempo [para se adaptar], mas agora ele se desenvolveu com muito treino e está pronto para jogar aqui na Europa", destacou.

Paulinho chamou a atenção de clubes europeus antes mesmo de estrear no futebol profissional. Então, após entrar em campo pelo Vasco em apenas 35 oportunidades, foi contratado pelo Leverkusen. Pelo pouco tempo que teve no Brasil, um retorno imediato ao futebol brasileiro por empréstimo parecia ser uma possibilidade naquele momento.

Perguntado se o clube pensou nessa hipótese, porém, Rolfes disse que uma volta ao Brasil não seria benéfica para a joia cruzmaltina.

"Acho que, para ele, não é um bom passo voltar para o Brasil agora. É melhor ficar e jogar na Europa".

Agora, com o tão aguardado retorno da Bundesliga, Paulinho finalmente poderá mostrar seu verdadeiro potencial. O Bayer Leverkusen entra em campo na próxima segunda-feira (18), às 15h30 (de Brasília), contra o Werder Bremen, de olho na classificação para Liga dos Campeões.

Leia também