Patrocinador master garante saída do Boa caso Bruno seja contratado

Principal patrocinador do Boa Esporte, o Grupo Góis e Silva anunciou que irá cancelar o apoio dado ao clube mineiro caso a contratação do goleiro Bruno seja mesmo confirmada. Depois do clube divulgar o acerto com o jogador, a tendência é que o contrato seja assinado nesta semana.

Segundo comunicado oficial, o Grupo Góis e Silva irá se reunir com o Boa Esporte nesta segunda-feira para discutir sobre o caso. Visando atrair mais mídia com Bruno na equipe, a contratação do goleiro poderá causar um grande impacto aos cofres do clube de Varginha, já que não é apenas o patrocinador máster que ameaçou rescindir contrato com o time.

A empresa Cardiocenter e a Nutrend Nutrition foram outras patrocinadoras que não gostaram da decisão do Boa Esporte em contratar Bruno e acabaram encerrando a parceria com o clube mineiro.

“Cardiocenter não concorda com a contratação de jogadores que não representam nossos ideais, nos opomos porque consideramos que os jogadores têm que ser exemplos de atletas para crianças e para todos os apaixonados por futebol. Já solicitamos que nosso logo seja retirado do site do Boa Esporte”, escreveu a Cardiocenter em seu perfil oficial no facebook.

Com a debandada de patrocínios, que causa um grande impacto financeiro ao clube, basta saber se Bruno seguirá nos planos do Boa Esporte, que planeja a montagem de um elenco forte para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro neste ano.

Confira o comunicado oficial divulgado pelo Grupo Góis e Silva:

Muito tem se falado na internet e na mídia sobre nosso grupo ser associado a imagem deveras negativa da pessoa do Goleiro Bruno.

Deixamos claro e explícito nosso repúdio a todo e qualquer tipo de violência contra a mulher e qualquer outro tipo de violência, independente de classe social, gênero, faixa etária, cor da pele, orientação sexual, religião, etc.

Mantemos em nossos valores e missão o apoio ao esporte, ao empreendedorismo, às causas sociais e aos programas de recuperação.

Como grupo de diversos negócios e pessoas, somos coerentes quento à consciência social, e atendendo a comoção nacional, faremos uma reunião com a diretoria do Boa Esporte Clube dia 13 de março.

A Parceria com o Boa se estende por mais de três anos e sabemos do crescimento do clube e de seu valor para o esporte e para o Sul de Minas Gerais.

Nossa reunião tem por objetivo requerer à diretoria do clube rever sua decisão de contratação do Goleiro Bruno.

Caso nosso requerimento decline, infelizmente estudaremos cancelar o patrocínio ao Boa Esporte Clube.