Patric faz pedido de apoio à Massa e fala do perigo dos destaques do Goiás

Valinor Conteúdo
LANCE!
Patric está indo para o seu 15º clássico na carreira como jogador do Galo- (Foto: Bruno Cantini / Atlético)
Patric está indo para o seu 15º clássico na carreira como jogador do Galo- (Foto: Bruno Cantini / Atlético)


O Atlético-MG quer reconquistar a torcida. A relação do atleticano com o time está abalada pela má temporada do time e expectativas frustradas como as eliminações nas Copas, do Brasil, Libertadores e Sul-Americana, além da campanha ruim no Brasileiro.

Um dos porta-vozes para tentar a reconciliação entre time e torcida é o lateral-direito Patric. O jogador, com muito tempo de Galo, espera que o torcedor vá ao Mineirão, local da partida contra o Goiás, nesta quarta-feira, às 20h, para incentivar e apoiar a equipe, que precisa de uma vitória para evitar a aproximação dos times que estão lutando contra o rebaixamento.

Patric, que marcou um belo gol no jogo contra o Fortaleza, pediu o comparecimento da Massa no Gigante da Pampulha.

- O jogo contra o Goiás é de extrema importância para nós. A Massa precisa estar junto. Temos um bom número de ingressos vendidos, com 22 mil(já foram comercializados 30 mil), mais ou menos. E necessitamos que a Massa compareça em maior número, que cante do início ao fim. Que esqueça a vaia, de pegar no pé de um atleta ou de outro, para que possamos estar concentrados-disse.

O lateral está tão empenhado no jogo, que até análise tática fez do Goiás.

- O Goiás é a equipe do campeonato que não se preocupa com o resultado adverso. Eles estavam perdendo para o Flamengo e conseguiram empatar o jogo. Porque eles jogam. Eles jogam. Eles não ficam preocupados com o placar adverso. É o primeiro ponto de alerta. Temos que confiar, iniciar 1 a 0 para nós.










Concluindo sua avalição do time esmeraldino, Patric chamou a atenção para as forças individuais do Goiás, principalmente do volante Léo Sena e do atacante Michael.

- Vamos enfrentar uma equipe que tem o Léo Sena, um volante construtor. Ele vai da defesa ao ataque, lança muito bem. Tem o Rafael Vaz, zagueiro canhoto. Eles jogam muito pelo lado de campo. Um dos times que mais cruza a bola, para o Rafael Moura. São dados que a gente precisa estar ligado nesta partida. Ainda tem o Michael, que fez sete gols no Brasileiro. Um jogador que não teve base, mas vem se destacando- finalizou.

O Goiás é o 9º colocado na tabela com 42 pontos e na luta pelo G6, enquanto o alvinegro está na 13ª posição, com 36 pontos, em 30 partidas.





Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também