Pato encara, no São Paulo, seca de gols que se tornaram comuns em sua volta ao Brasil

Goal.com

Contratado como a grande estrela do São Paulo em 2019, Alexandre Pato vive um recomeço com a camisa do clube neste início de temporada. Após perder espaço com o técnico Fernando Diniz na reta final do Campeonato Brasileiro, o atacante vem ganhando espaço com as ausências de Helinho, machucado, e Antony, com a seleção olímpica.

No entanto, apesar das boas atuações, o jogador atravessa um novo jejum incômodo: está há 12 jogos sem saber o que é balançar as redes.

O último gol do jogador foi no clássico com o Santos, em 10 de agosto do ano passado, quando marcou duas vezes na vitória por 3 a 2 no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. Agora, caso não marque neste domingo (9), contra o Santo André, Pato vai completar seis meses sem marcar pelo São Paulo.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Vale destacar que esse é o maior período sem gols do camisa 7 no Tricolor, que quase foi encerrado na última rodada do Campeonato Paulista, no empate por 1 a 1 com o Novorizontino, quando o atacante marcou em duas oportunidades, mas foram equivocadamente anuladas pelo árbitro.

Os longos jejuns de Pato na carreira

pato corinthians
pato corinthians

Foto: Daniel Augusto / Corinthians

Corinthians

Dez jogos: esse foi o período que Alexandre Pato passou sem marcar um gol com a camisa do Corinthians, em 2013. Já questionado pela torcida, o jogador voltou em grande estilo, sendo fundamental para a vitória do Timão, já que marcou duas vezes na vitória por 2 a 0 sobre o Bahia, no Brasileirão.

Villarreal

No Villarreal, em 2016, o atacante ficou oito jogos sem saber o que é marcar. O jejum foi encerrado ao marcar o terceiro gol da vitória sobre o Sporting Gijón por 3 a 1. Na ocasião, Pato participou de todos os gols da partida e foi um dos destaques da equipe em campo.

Tianjin Quanjian

Na China, Pato também passou em branco em sete oportunidades. Em cinco delas, seu clube também não conseguiu marcar um gol sequer.

 

Leia também