Participação dos 11 jogadores! Como o Flamengo construiu o segundo gol na vitória sobre o Barcelona-EQU

·1 minuto de leitura


Na noite da última quarta-feira, o Flamengo venceu o Barcelona de Guayaquil por 2 a 0, no estádio Monumental, e garantiu vaga na final da Copa Libertadores de 2021. Para marcar o segundo gol da partida, o Rubro-Negro construiu a jogada desde uma cobrança de tiro de meta curta e, em menos de 40 segundos, balançou as redes da meta defendida por Burrai.

> Veja quanto o Flamengo garante com a vaga na decisão da Libertadores 2021

Tudo começou com o passe de Diego Alves para Willian Arão dentro da pequena área. Assim, o volante abriu para Rodrigo Caio, que, por sua vez, tocou para Filipe Luís.

Pelo lado esquerdo, contudo, não havia espaço. Então, de pé em pé, o time trocou passes até que a bola chegasse a Isla, pela direita. O lateral ficou com a posse, conduziu e encontrou Arrascaeta já no campo de ataque.

De primeira, o camisa 14 tocou para Gabigol, que, também de primeira, deu uma ótima enfiada para Everton Ribeiro. O meia teve espaço para passar entre a linha de zaga do Barcelona-EQU e recebeu o passe em profundidade.

Assim, Everton Ribeiro invadiu a área e tocou para Bruno Henrique, que, com o goleiro já batido no lance, empurrou a bola para o fundo das redes. No total, a jogada contou com 12 passes e a participação dos 11 jogadores até a finalização do atacante. Veja no vídeo abaixo ou clique aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos