Liverpool e Roma abrem semifinais da 'Champions' com confronto de surpresas

EFE

Londres/Roma, 23 abr (EFE).- Equipes tradicionais, mas de pouco protagonismo em âmbito continental nos últimos anos, Liverpool e Roma se enfrentarão nesta terça-feira, no estádio Anfield Road, em jogo de ida pelas semifinais da Liga dos Campeões no confronto das "zebras" desta edição do torneio continental.

Os 'Reds' estão em terceiro lugar no ranking de campeões da 'Champions', com cinco conquistas, mesmo número de Barcelona e Bayern de Munique, mas não iam às semifinais há dez anos. Já o time italiano está entre os quatro melhores pela segunda vez - na primeira, em 1984, foi à decisão e perdeu para o próprio Liverpool nos pênaltis no Estádio Olímpico de Roma.

Os homens de Jürgen Klopp, com o seu futebol de "heavy metal", como definiu o próprio treinador alemão, foram marcando gols por atacado e se colocaram nas semifinais com o melhor ataque do campeonato, com 32 bolas nas redes.

As apresentações na fase de grupos já animaram os torcedores, com direito a duas vitórias por 7 a 0, uma sobre Maribor e outra contra o Spartak Moscou. Nas oitavas de final, mesmo com a transferência do meia Philippe Coutinho para o Barcelona, o Liverpool manteve o bom nível e passou pelo Porto com direito a uma goleada por 5 a 0 em Portugal.

Entretanto, o grande desafio do time até agora foi superar o Manchester City, do técnico Josep Guardiola, nas quartas. E a classificação aconteceu com autoridade. Os 'Reds' deixaram o campeão inglês e da Copa da Liga Inglesa para trás com dois triunfos, por 3 a 0 em casa e por 2 a 1 fora.

E o grande nome do time vencendo alguém que até a temporada passada estava do outro lado da eliminatória. Contratado junto à Roma, Mohamed Salah igualou o recorde de gols em uma única edição do Inglês disputado com 20 equipes e é vice-artilheiro da 'Champions'.

A Roma também tem seus grandes feitos nesta Liga dos Campeões. Foi líder de um grupo com Chelsea e Atlético de Madrid, despachou o Shakhtar Donetsk nas oitavas de final e virou a eliminatória contra o todo-poderoso Barcelona de forma incrível nas quartas.

Goleados por 4 a 1 no Camp Nou na ida, os 'Giallorossi' passaram de fase de forma heroica com um triunfo por 3 a 0 no Estádio Olímpico. O volante De Rossi, capitão do time, e o zagueiro Manolas, que fizeram gols contra na Espanha, se redimiram marcando a favor na volta.

Jürgen Klopp tem baixas importantes para a partida na Inglaterra, o zagueiro Matip e os meio-campistas Can e Lallana, que dificilmente voltarão a jogar nesta temporada pelo pentacampeão europeu. Por outro lado, o zagueiro Lovren, recuperado de contusão, estará de volta.

Na Roma, que se manteve em terceiro lugar no Campeonato Italiano após uma vitória sobre a Spal no último sábado, o lateral Florenzi, De Rossi e o atacante Dzeko irão a campo descansados em Anfield por terem sido poupados no fim de semana. O bósnio vinha em uma sequência de 43 partidas na temporada.

O técnico Eusebio Di Francesco ainda não confirmou se escalará a Roma no 4-3-3 ou voltará a postar no 3-4-2-1, determinante para eliminar o Barça. A expectativa é de que a linha de três zagueiros voltará a ser usada, com Manolas, Fazio e Juan Jesus, revelado no Internacional.

Liverpool e Roma se enfrentaram em três ocasiões em competições europeias, a última nas oitavas de final da Copa da Uefa (atual Liga Europa) na temporada 2000-2001. Os 'Reds' avançaram e caminharam rumo ao título.


Prováveis escalações:.

Liverpool: Karius; Alexander-Arnold, Lovren, Van Dijk e Robertson; Henderson, Milner (ou Wijnaldum) e Oxlade-Chamberlain; Mané, Salah e Firmino. Técnico: Jürgen Klopp.

Roma: Alisson; Manolas, Fazio e Juan Jesus; Florenzi, De Rossi, Nainggolan, Strootman, Kolarov; Schick e Dzeko. Técnico: Eusebio di Francesco.

Árbitro: Felix Brych (Alemanha), auxiliado pelos compatriotas Mark Borsch e Stefan Lupp.

Estádio: Anfield, em Liverpool. EFE


Leia também