Paris Saint-Germain é cauteloso com relação a renovação de Messi

Lionel Messi ainda não renovou seu contrato com o PSG (Foto: Bertrand GUAY / AFP)


Mais de um mês após o fim da Copa do Mundo, o Paris Saint-Germain deve se mobilizar nas próximas semanas pela renovação de contrato de Lionel Messi, segundo o "L'Équipe". Com vínculo até o fim da temporada, o argentino está livre para assinar um pré-contrato com outra equipe a qualquer momento.

Embora as discussões tenham se iniciado em outubro e ganhado um novo impulso durante o Mundial, quando dirigentes do PSG conheceram Jorge Messi, pai e empresário do jogador, há pontos a serem tratados. A duração do acordo e o aspecto econômico do acordo são pontos chaves no debate.

+ Kane atinge feito: saiba quais são os maiores artilheiros de 30 grandes clubes europeus

Apesar do lucro referente as receitas geradas e as despesas relacionadas à chegada de Lionel Messi, o clube francês toma cuidado para que não seja sancionado nos próximos meses. Principalmente após ter realizado um esforço gigantesco pela renovação de contrato de Kylian Mbappé.

O Paris Saint-Germain conta com o desejo do jogador em seguir com a Argentina até a Copa América 2024 como um trunfo, embora sua participação na Copa do Mundo 2026 também não esteja descartada. Essa vontade do atleta acaba o distanciando de mercados, como o dos Estados Unidos, onde ele vem sendo alvo do Inter Miami.

Embora o Al-Hilal, da Arábia Saudita, também esteja interessado em Messi, o clube esbarra na mesma situação do Inter Miami. Embora seja embaixador do turismo no local, o argentino não tem vontade imediata de atuar no mundo árabe, como fez Cristiano Ronaldo. Com isso, o PSG tem motivos para se manter otimista, embora a cautela prevaleça.