'Parem de imputar a mim, é besta', diz Rogério Ceni sobre contratação de David pelo São Paulo

Ceni orienta Tricolor na vitória sobre a Ferroviária (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)


O técnico Rogério Ceni resolveu subir o tom na entrevista após a vitória por 2 a 1 de virada sobre a Ferroviária, na quinta-feira (19), sobre o atacante David. O jogador, anunciado de tarde pelo São Paulo e escalado como titular, vem sendo chamado de 'xodó' pela quase imposição do treinador em seu nome. Mas na coletiva, o comandante tratou de desvincular as coisas.

- David foi uma oportunidade de mercado. Não imputem o David a um pedido meu. Isso é besta, é bobo. O David é uma necessidade que nós temos de jogador de lado. E é o jogador mais barato que encontramos para essa função.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.


+ ATUAÇÕES: David faz 'correria' valer a pena, Rato vai bem de novo, e Galoppo é essencial em vitória do São Paulo


Seja como for, David mostrou estrela. Foi o 131º jogador da história são-paulina marcar um gol em sua estreia pelo clube. Mesmo assim, Ceni mostrou o ceticismo habitual e tratou de 'abaixar a bola'.

- Acho que ele fez um jogo mediano, razoável. Não é porque ele fez um gol que é o melhor jogador do mundo, mas ele tem um estilo de jogo que pode ser importante. Ano passado inteiro não tivemos uma jogada de contra-ataque como essa do Pedrinho (jogada do segundo gol, de Galoppo). E o David vem para isso, nos dar essas opções de um contra um.

Ceni, aliás, tratou de revelar detalhes da negociação. E colocou David no mesmo patamar dos outros reforços.

- Pagamos por ele o mesmo que pagamos pelo empréstimo do Pedrinho. Se não fosse o David, seria outro jogador. Como não conseguimos, a última opção que tivemos foi dele. E teve um esforço atleta, empresário, doa diretoria do São Paulo. Todo jogador tem um custo.

> Confira jogos, classificação e simule os resultados do Paulistão-23