Parceria Coimbra/Benfica termina 1ª fase do Mineiro Módulo II na primeira colocação geral

Victor Hutter em ação contra a equipe do Essube durante a primeira fase da competição-(Henrique Chendes / Coimbra Sports)


Em pouco tempo de criação das categorias Sub-17 e Sub-15, em parceria com o Benfica, o Coimbra Sports já começa a colher bons frutos. Logo no seu primeiro desafio, o Grande Time de Contagem ficou em primeiro lugar geral na fase de classificação do Módulo II do Campeonato Mineiro Sub-17/Sub-15, que terminou no último sábado, (01º/10).

Agora, o Coimbra/Benfica disputará o Hexagonal Final com outras cinco equipes, em busca dos títulos e do acesso ao Módulo I das categorias em 2023. Esta fase da competição será jogada em turno único, todos jogando contra todos.

Os que fizerem mais pontos garantem os títulos do Sub-17 e do Sub-15. Para garantir o acesso, valerá a pontuação somada de ambas as categorias.

Os dois clubes que tiverem mais pontos sobem para a primeira divisão. Além da Águia Metropolitana, classificaram-se: Formiga, Essube, América-TO, XV de Novembro e Siderúrgica. A primeira rodada do Hexagonal Final está marcada já para o próximo sábado, (08/10). Em Contagem, o Coimbra/Benfica encara o Essube. Às 9h, pela categoria Sub-15, e às 11h, pelo Sub-17.

O Coimbra/Benfica Sub-17/Sub-15 terminou a primeira fase da competição na liderança com 44 pontos e 81% de aproveitamento. Em 18 jogos, foram 14 vitórias, dois empates e duas derrota. A equipe teve o melhor ataque e a melhor defesa da competição até aqui com 44 gols marcados e apenas seis sofridos.

Para o coordenador técnico do Coimbra/Benfica Alfredo Almeida as estatísticas são positivas até aqui, mas agora uma nova fase na competição se inicia.

-Podemos fazer uma análise qualitativa e quantitativa dos números. Claro, eles são bons para nós, mas se analisarmos friamente não vencemos nada ainda. Futebol é momento e agora temos cinco semanas de disputa do Hexagonal Final para chegarmos no dia 6 de novembro com todos os nossos objetivos concluídos. Aí sim seria coroado todo um trabalho que começou em novembro de 2021 com o início da parceria entre Benfica e Coimbra-, afirma.

Capitão e lateral-direito da equipe Sub-17, Victor Hutter, de 17 anos, acredita que o time teve um bom salto de evolução e chega no Hexagonal Final bem preparado.

-Do primeiro jogo para cá, o time vem evoluindo bastante, ganhando experiência e entrosamento. Agora no Hexagonal Final cada jogo é uma final e estamos prontos para conquistarmos os nossos objetivos que é o título e o acesso ao Módulo I-disse.

Para o capitão e atacante do time Sub-15, João Lana, de 15 anos, a união do elenco foi fundamental para o bom futebol apresentado.

-Desempenhamos um bom papel até aqui. O time todo conversa muito, todos querem ajudar e isso foi fundamental para a conquista da primeira colocação na fase de classificação. Agora é continuar o trabalho e manter o foco no Hexagonal Final- pontua.