Paraná joga mal e só empata com rebaixado Santa Cruz

Guilherme Moreira
Santinha, mesmo no Z4, conseguiu segurar o Tricolor paranaense, que vacilou na luta pelo acesso. (Divulgação/Santa Cruz)

Jogando fora de casa, com um a mais por 20min, o Paraná vacilou e só empatou por 0 a 0 contra o rebaixado Santa Cruz nesta terça-feira, no Arruda, pela trigésima sexta rodada da Série B. O Tricolor segue no G4, mas desperdiçou a chance de aumentar a distância para os adversários de um para quatro pontos - subiu de um para dois. Londrina e Oeste estão na cola.

Robson, em duas oportunidades, recebeu ótimos passes de Kiss e Renatinho dentro da área, mas não pegou bem na bola e mandou ambas para fora - a última mandou em cima do Julio Cesar. Do lado do time da casa, o jogador que recebeu duas boas bolas foi Ricardo Bueno, mas isolou ambas. Na terceira, ele fez grande jogada individual e assustou na batida.

Quando o Paraná começava a crescer no jogo, atuando no campo de ataque, a equipe da casa criou a melhor chance da partida. João Paulo viu André Luís infiltrando na área por trás da zaga e acionou o jogador que, cara a cara com Richard, deu um toque por cima do goleiro e foi para fora - Grafite ainda tentou alcançar de cabeça, mas chegou atrasado. No fim, em cobrança de falta, Rayan cabeceou rente à trave e também assustou pelo time paranaense.

Na volta do intervalo, André Luís recebeu de Ricardo Bueno, que fez o pivô, e mandou uma bomba por cima do travessão. A resposta foi em seguida. Em contra-ataque, Robson recebeu em velocidade e tocou para Alemão chutar em cima do arqueiro.

Pouco depois, André Luís girou em cima da zaga e chutou cruzado. Augusto, na pequena área, pegou mal e escorou em cima de Richard, numa chance inacreditável. Na metade da segunda etapa, João Paulo foi expulso e o Tricolor paranaense passou a buscar o gol sem muita força, com um desempenho bem abaixo da média. Após cobrança de escanteio, Gabriel Dias cabeceou cruzado e Julio Cesar fez grande defesa. E foi só.

Com empate, o Paraná vai a 60 pontos e mantém a quarta colocação, com dois pontos de vantagem do quinto Londrina - o Santa Cruz, com 34, é o décimo oitavo e já está rebaixado. Na próxima rodada, a Cobra Coral enfrenta o Paysandu no sábado, às 17h, na Curuzu, enquanto o Tricolor encara o CRB-AL, no Rei Pelé, no mesmo dia e horário.

FICHA TÉCNICA
SANTA CRUZ 0X0 PARANÁ

Local


: Arruda, em Recife
Data-Hora: 14/11/2017 - 21h30
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Público/renda: 2.005 torcedores/R$ 4.330,00
Cartões amarelos: João Paulo, Thiago Primão (SAN); Vitor Feijão (PAR)
Cartão vermelho: João Paulo (SAN)

SANTA CRUZ: Julio Cesar, Bruno Silva, Anderson Salles e Sandro; Derley, Wellington Cézar, Thiago Primão (Marcílio, 24'2ºT), João Paulo e André Luís (Nathan, 24'2ºT); Ricardo Bueno e Grafite (Augusto, intervalo). Técnico: Marcelo Martelotte.

PARANÁ: Richard; Cristovam, Maidana, Brock e Rayan (Igor, 27'2ºT); Vinícius Kiss (Leandro Vilela, 13'2ºT), Gabriel Dias e Renatinho, João Pedro (Alemão, intervalo), Vitor Feijão e Robson. Técnico: Matheus Costa.





















E MAIS: