Paraná entra no STJD pedindo o cumprimento do regulamento

A confusão generalizada no Campeonato Paranaense 2017 após a definição do ‘caso Getteson’, que tirou o JMalucelli das quartas de final direto para o rebaixamento, ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira que promete tumultuar ainda mais a situação. O Paraná Clube entrou no Superior tribuna de Justiça Desportiva (STJD) com uma ação pedindo que o regulamente seja cumprido.

Na prática, o Tricolor, que tem o segundo jogo das quartas diante do Atlético Paranaense marcado para este domingo, na Vila Capanema, que que seu adversário seja o Rio Branco, que herdou a oitava colocação e, por conta disso, pelo cruzamento definido no regulamento, seria o adversário. Porém, para não mexer com o resultado dos jogos já realizados, a Federação Paranaense de Futebol apenas substituiu o Jotinha pelo Leão da Estradinha.

A diretoria paranista chegou a entrar em contato com os demais clubes envolvidos par afazer um pedido coletivo, mas não recebeu o apoio. Agora, a indefinição deve seguir por mais alguns dias, já que não existe uma data para a ação ser analisada pelo STJD. O clássico do final de semana deverá ser disputado, mas se terá alguma validade, isso ninguém sabe. O primeiro encontrou teve vitória atleticana.

Enquanto isso, o JMalucelli já se mobiliza para pedir seus 16 pontos de volta e, automaticamente, a vaga para encarar o Londrina. O Cascavel, que também se pronunciou, não tomou nenhuma atitude anda, mas sinalizou que não quer encarar o Coritiba, em jogo que foi transferido para a quarta-feira, no Couto Pereira. No jogo de ida, o Coxa goleou por 5 a 0.